Febre, dores e choro! Melânia Gomes mostra-se a amamentar e faz relato dramático

A propósito da Semana Mundial do Aleitamento Materno, Melânia Gomes partilhou com os fãs a sua experiência como mãe de Mafalda. O relato impressionou os seguidores da atriz.

03 Ago 2019 | 11:50
-A +A

«Não é uma foto ‘pipi’ de Instagram, [mas] é a minha realidade (e acredito que a de muitas mães também)». Começa assim um longo texto escrito por Melânia Gomes, com a finalidade de assinalar a Semana Mundial do Aleitamento Materno, e que serve como legenda de uma impressionante imagem, sem qualquer tipo de filtros, em que a atriz surge a amamentar Mafalda, a sua primeira filha, nascida a 31 de maio, fruto da relação com Mário Redondo.

A mensagem de Melânia Gomes incide na sua experiência na amamentação, que começou no recobro, logo após o parto. «Pensei que com o instinto a coisa ia lá. Os enfermeiros iam controlando e dando dicas, mas eu achava que doer fazia parte e que ia passar. Claro que [a filha] chorou a noite toda, num misto de fome e mil outras coisas. Sempre achando que tudo fazia parte, eu tentava não incomodar ninguém…», escreve.

 

«Mamilos em ferida e uma cria esfomeada»

 

No dia seguinte ao nascimento de Mafalda, a atriz «acordou» («sim, entre aspas, porque obviamente não dormi», desabafa a própria)… «com os mamilos em ferida e uma cria esfomeada». «Com o auxílio de toda a ciência (cremes, discos, protetores de silicone de mamilos, tudo!) e várias mãos de enfermeiras nas minhas maminhas, continuámos a nossa luta, sem sucesso. Até que, já muito desesperada, no segundo dia à noite, a Mafalda tomou uma dose mínima de suplemento», lamenta a intérprete, de 34 anos, que, naquele momento, sentiu «um misto de dor, por não estar a ser capaz de lhe dar aquela satisfação, e, por outro lado, alegria, por ver a filha feliz e saciada».

«Para o bem de todos», o suplemento manteve-se no terceiro dia de vida da bebé e, já em casa, a pequena «Mafalda começou a preferir beber o biberão e dormir na maminha». «Com perda de peso e sem mamar bem, não era possível retirar o suplemento», constata.

 

«Nova luta» em «desespero»

 

Foi então que se iniciou «uma nova luta, que quase fez com que [a atriz] perdesse o leite». Melânia assume que entrou «em desespero». Entrou em contacto com uma enfermeira e, graças aos ensinamentos desta, «só passou a querer mama». «Tive, assim, uma segunda subida de leite», afirma, revelando que este período teve «direito a febre, dores, dar de mamar a chorar, drenar a chorar, antibióticos, tudo!».

«Mas resultou!», diz, aliviada por poder contar que a sua filha «começou a ganhar peso» e que, na sequência disso, o suplemento foi sendo reduzido. «Não retirámos ainda por completo, nem sabemos se o vamos fazer […], mas, para já, estamos bem assim. Deixou também muito rápida e naturalmente de mamar com o protetor de silicone nos mamilos. E não há drama se tiver de tomar uma vez por outra o suplemento no biberão, por eu estar no médico ou assim», diz.

Em jeito de conclusão, Melânia Gomes reflete: «Isto tudo para dizer que a amamentação pode não ser fácil, nem intuitiva. Há muita ciência e técnica por trás e, com a ajuda certa (e querendo, claro), pode ser possível inverter qualquer cenário. Força, mamãs! O vosso leite é o melhor para os vossos bebés, seja durante o tempo que for.»

Para outra publicação, prometeu a atriz, fica a resposta a uma outra questão: «E a minha cabeça, no meio disto tudo? Bom, isso era outro ‘filme’…»

 

VEJA TAMBÉM:
Melânia Gomes enfrenta peripécia no primeiro passeio com a filha!
Quinze dias depois do parto, Melânia Gomes mostra-se em lingerie!
Melânia Gomes já pensa em ter o segundo filho!

 

Texto: Dúlio Silva | Fotografias: reprodução redes sociais

PUB