Michell esclarece alegada manipulação de jogo com Joana para entrar no Big Brother

Michell foi expulso do “Big Brother” este domingo, 8 de novembro, e em entrevista aos jornalistas fez revelações sobre a relação que mantinha com Joana antes de entrar no reality show.

09 Nov 2020 | 14:50
-A +A

Michell foi o concorrente do “Big Brother” expulso na gala deste domingo e em conversa com os jornalistas esta segunda-feira, 9 de novembro, esclareceu a relação que mantinha com Joana antes de entrarem no reality show, falou sobre o feedback da família à sua prestação e ainda dos projectos profissionais futuros.

O ex-concorrente do “Big Brother” referiu que o jogo dos dois “não foi combinado” e que, realmente, houve informações que não deviam ter dado, mas que não enganaram a produção – como já tinha confirmado a Manuel Luís Goucha, no “Você na TV!” desta segunda-feira.

“A estratégia dela era a dela, a minha era a minha. Eu até nem gosto de casais”, refere. Quando questionado sobre o tipo de relação que mantinham, Michell conta: “Éramos bons amigos. Não quero falar muito sobre isso. Aconteceram coisas que eu vim a saber mais tarde. É por isso que não quero falar muito sobre isso.”

 

Michell tem coração fechado ao amor

Quanto à relação com a, agora, ex-namorada, que terminou antes de entrar na casa mais vigiada do País, Michell diz que a mesma está “encerrada” e que, neste momento, quer apenas “pensar em viver a vida e desfrutar deste momento maravilhoso”.

“Se tiver de acontecer vai acontecer, mas eu, neste momento, não quero”, mostrando-se de coração fechado ao amor.

 

“Estava preocupado porque sei que o meu pai me queria ver noutros ramos”

Sobre a opinião da família a respeito da sua prestação, o cantor mostra-se feliz por sentir o orgulho da família em si. “Estão todos orgulhosos de mim. Só tenho de estar contente por isso”, refere.

Quanto ao facto de ter demonstrado sempre alguma preocupação quanto à opinião do pai sobre o seu jogo, Michell explica o porquê: “A opinião que era mais importante para mim era a opinião do meu pai e da minha mãe, obviamente. E a do meu pai era a opinião que, se calhar, me ia marcar mais, se ele tivesse uma opinião negativa sobre mim. Queria saber qual era a opinião dele, se ele via mesmo o programa ou não. Estava preocupado porque sei que ele me queria ver noutro ramos, mas é assim a vida.”

 

“Estou à espera de uma oportunidade para ser modelo”

Por fim, e sobre os projetos profissionais que tem em mente, o ex-concorrente do Big Brother revelou querer apostar no mundo da moda. “Já tinha isso, mais ou menos, na cabeça mas foi desde que eu entrei no Big Brother que tive mais essa ideia a girar mais na minha cabeça. Estou à espera de uma oportunidade para ser modelo. Quero tentar novas oportunidades”, afirma.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR e Reprodução Instagram

 

Leia ainda:
Michell leva colegas às lágrimas ao falar para o pai: “Sei que não sou o que esperavas”
Toda a verdade sobre o esquema de Joana e Michell para entrarem no “Big Brother”

PUB
Top