Milagre ao dia 10: TVI derrota SIC graças a Cristina, “Big Brother” e “Bem me Quer”

A TVI foi líder de audiências por uma unha negra, mas conseguiu ultrapassar a SIC nas manhãs e nas tardes. À noite, a novela “Bem me Quer” bateu recorde de audiências.

11 Nov 2020 | 15:32
-A +A

A diferença foi de três décimas, mas é de assinalar: a TVI foi o canal mais visto pelos portugueses nesta terça-feira e atirou para o segundo lugar a SIC. Para este resultado, que é de marcar porque o canal de Queluz de Baixo não apresentou qualquer evento especial, como a transmissão de um jogo de futebol ou a estreia de um programa, contribuíram os números registados por “Dia de Cristina”, “Big Brother” e “Bem me Quer”.

Comecemos pela manhã. Cristina Ferreira regressou à apresentação do programa em nome próprio após duas semanas em isolamento profilático, por ter estado em contacto com Bárbara Bandeira, que testou positivo à COVID-19, e foi líder de audiências.

A emissão matinal de “Dia de Cristina” foi acompanhada, em média, por 387 mil espectadores e registou 22% de quota de mercado. Ao lado, João Baião e Diana Chaves conduziam mais um “Casa Feliz”, com 348 mil e 500 espectadores fidelizados, a que corresponde um share de 19,7%. “Praça da Alegria”, com Jorge Gabriel e Joana Teles, levou a RTP1 aos 241 mil espectadores e aos 13,9% de quota de mercado.

À tarde, a primeira vitória para Cristina Ferreira naquele horário. O bloco vespertino do programa apresentado pela Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI agarrou à antena de Queluz de Baixo 407 mim e 600 espectadores, fixando-se nos 18,7% de share.

Já “Júlia” ficou, desta vez, em segundo lugar. O programa conduzido por Júlia Pinheiro captou, em média, a atenção de 364 mil e 500 espectadores, o que corresponde a um 16,2% de share.

 

“Big Brother” lidera

 

O “Última Hora” do “Big Brother – A Revolução”, apresentado por Maria Botelho Moniz, agarrou a liderança oferecida pelo programa “Dia de Cristina” e derrotou “Viver a Vida” e “Portugal em Direto”, com 677 mil e 300 espectadores e 18,1% de quota de mercado.

O bloco informativo da RTP1 fixou-se nos 644 mil e 200 espectadores (17,2% de share) e a novela da SIC ficou-se pelo 610 mil e 600 espectadores (16,9% de quota de mercado).

 

“Bem me Quer” bate recorde

 

A noite, a novela “Nazaré”, da SIC, manteve-se líder de audiências, mas a concorrente “Bem me Quer”, da TVI, impôs-se batendo um recorde de audiências. Em média, 1 milhão e 194 mil espectadores, o equivalente a 24,2% de share, acompanharam os desenvolvimentos da história de Maria Rita, interpretada por Kelly Bailey.

Nas contas gerais do dia, a TVI liderou com 19% de share, com a SIC atrás, mas muito perto, assegurando uma quota de mercado de 18,7%. A RTP1 não foi além dos 13,1%.

“Na TVI prosseguimos o caminho de aproximação ao nosso público. Neste momento exigente como o que estamos a viver, a TVI posiciona-se como a televisão companheira dos portugueses”, diz o canal em comunicado.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: reprodução redes sociais

 

PUB
Top