Mónica Sintra diz que 2020 foi “para esquecer”. Em 2021, quer “um amor”…

A cantora Mónica Sintra responde ao questionário de Ano Novo da TV 7 Dias e, entre as revelações, afirma que vai entrar em 2021 fora de Portugal.

30 Dez 2020 | 7:00
-A +A
TV 7 Dias – Complete a frase: “2020 foi um ano…”

Mónica Sintra – Para esquecer…

O melhor e o pior de 2020?

O pior foi, sem dúvida, a falta de trabalho. O melhor foram duas coisas: ter sido convidada para ser comentadora do “Passadeira Vermelha” [SIC/SIC Caras] e ter aberto a minha empresa em Cabo Verde.

Que tradições costuma cumprir na noite de passagem de ano?

Como uvas e uso roupa interior azul.

Noite de Ano Novo com amigos ou só com a cara-metade?

Por norma era a cantar. Este ano, ainda não sei.

Qual foi a passagem de ano mais marcante de sempre e porquê?

A de 2010, por ser a primeira com o Duarte [o filho]. Ele ainda era tão pequenino…

Três desejos para 2021?

Muita saúde para todos, trabalho e, já agora, um amor.

Já passou o Ano Novo fora de Portugal? Se sim, onde e com quem?

Este ano vai ser a primeira vez. Passei o Natal e vou passar o Ano Novo a Cabo Verde, com o meu filho, a minha mãe e o meu padrasto.

O que costuma fazer no primeiro dia do ano?

Refletir e escrever sobre o que pretendo fazer durante o ano.

Ano novo é sinónimo de recomeço, de balanço do que passou ou é apenas um dia como os outros?

É um momento de balanço, de introspeção, de criarmos e definirmos novas metas.

Mónica Sintra, deixe uma mensagem de Ano Novo aos leitores da TV 7 Dias.

Desejo que tudo o que ambicionam se realize e que consigam partilhar as vossas alegrias e vitórias com os vossos. Ser feliz é estar rodeado de pessoas que nos querem e fazem bem. Sejam felizes e bom 2021!

 

Fotos: reprodução redes sociais

PUB
Top