EXCLUSIVO! Ex-moranguita deixa televisão e aposta na venda de casas após fim de noivado

O fim do noivado com Rui Sinel de Cordes motivou o regresso de Teresa Rolla ao Porto. A trabalhar no ramo imobiliário, a ex-atriz mostra-se entusiasmada com o desafio que abraçou.

12 Abr 2020 | 15:50
-A +A

Nasceu no Porto e foi ao Porto que voltou há pouco mais de um ano. Um regresso desencadeado pelo fim do noivado – mas já lá vamos. Teresa Rolla, que o público pode reconhecer pela sua personagem na quarta temporada de Morangos com Açúcar, é consultora imobiliária desde janeiro do ano passado. A ex-atriz seguiu «a intuição» e o desafio a que se propôs «tem corrido muito bem».

«Voltei ao Porto para começar uma nova vida, uma nova fase. Também decidi voltar às origens porque, no mercado imobiliário, compensa muito começarmos numa área geográfica que nos seja familiar», explica à TV 7 Dias, para depois revelar, entre outros motivos, que mudou de área laboral depois de ter sido instigada por amigos. «Trabalhei nos últimos cinco anos em produção audiovisual e percebi que tinha boas competências para me relacionar com pessoas e para todo o trabalho que implica ter uma agenda e fazer contactos. Além disso, tenho vários amigos ligados ao ramo imobiliário que me estavam sempre a dizer: ‘Devias vir para este ramo. Tens imenso jeito. Vais ver que não é assim tão diferente do que fazes. E ganhavas muito mais!’», ri-se.

Confirma-se? «Esse nunca foi o meu foco. Para atingir valores estratosféricos como se acha que as pessoas desta área fazem, é preciso muito trabalho. Esse nunca foi o fator que me moveu, porque isso só poderá comprovar-se a longo prazo. São precisos anos de trabalho para se ter uma carteira de clientes consistente e para que o nosso nome vença no mercado», responde Teresa Rolla.

 

 

A pandemia da Covid-19 obrigou, contudo, a uma paragem quase total do setor imobiliário. A ex-atriz avança com dados concretos: «Até ao início de março, vendíamos 500 casas por dia em Portugal. Neste momento, temos 90% do setor parado por causa da pandemia. Ainda não temos dados que nos digam o que vai acontecer quando isto deixar de ser uma situação de saúde pública e passar a ser uma situação económica», lamenta. Afinal, os portugueses «ainda não saíram de uma crise e já têm outra», augura.

 

«Não ficámos amigos», diz sobre rutura com Rui Sinel de Cordes

 

Em exclusivo à TV 7 Dias, Teresa Rolla confirma ainda o fim da relação que manteve durante quatro anos e meio com Rui Sinel de Cordes. A ex-atriz e o humorista estavam noivos quando, há um ano, decidiram seguir caminhos distintos. «A separação foi pacífica, mas não ficámos amigos, porque ambos acordámos que não fazia sentido, nos primeiros tempos, após uma relação tão longa e tão próxima, continuarmos a conversar. Precisávamos de um distanciamento. Nunca mais falámos, mas terei sempre no Rui um amigo, que fez parte da minha vida e a quem as desejo as maiores felicidades do mundo», garante.

A consultora imobiliária não quer adiantar-se sobre os motivos que espoletaram a rutura, mas acaba por levantar a ponta do véu: «Trabalhávamos juntos e vivíamos juntos, por isso, era uma relação que tinha um certo peso diário.» Agora, vive «um tempo de desabituação»«Não gosto de dizer luto, porque ninguém morreu, mas acho que é preciso um tempo em que estamos focados em nós próprios, em que nos apercebemos do que queremos fazer, independentemente de tudo o resto. Foi isso que fiz», diz.

E sem pensar em futuras relações. «É muito cedo. Estou completamente focada em mim, nos meus objetivos, na minha vida e em tornar-me na pessoa que quero ser», afirma a ex-atriz à nossa revista.

 

Televisão ficou para trás

 

O entusiasmo com que fala sobre o seu atual desafio profissional não deixa margem para dúvidas sobre a vontade de voltar a trabalhar no pequeno ecrã. «Já deixei o sonho da televisão há uns tempos. Pelo menos, o sonho da televisão à frente das câmaras», assume Teresa Rolla, atualmente com 33 anos.

A ex-atriz recorda, então, as três emissões do programa cultural Do Père Lachaise a Silicon Valley, emitido pela RTP2 em 2015, com o qual concorreu à Academia RTP. «Compus o programa todo. Produzi, entrevistei e acompanhava a edição. Percebi que gosto muito mais de estar na parte de conteúdos do que propriamente à frente das câmaras. Não digo que não voltaria à televisão nesse papel, talvez, mas não penso nisso.»

E a representação? É uma página virada. «Foi algo que teve de acontecer naquela altura. Foi giro, aproveitei muito e aprendi muito, mas é uma instabilidade total para o resto da vida. Acho que não vou por aí. Sou uma pessoa que precisa do mínimo de estabilidade», justifica Teresa Rolla, ela que se tornou popular por ter participado na quarta temporada da popular série infantojuvenil da TVI.

E, «por incrível que pareça», volvidos 14 anos, a ex-atriz continua a ser reconhecida por portugueses. «Continua a acontecer. No supermercado, no café, em vários sítios… Será que estou assim tão igual?! Eu própria fico espantada com o facto de as pessoas se lembrarem da minha cara», remata.

 

VEJA TAMBÉM:
Crómio de Morangos com Açúcar ressuscita para combater coronavírus [vídeo]
João Catarré recorda acidente aparatoso na altura de Morangos com Açúcar!
Vanessa Martins manda alfinetada a ex-colega de Morangos com Açúcar

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: reprodução redes sociais

 

ATENÇÃO!

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:
  1. aceda a www.lojadasrevistas.pt
  2. escolha a sua revista
  3. clique em COMPRAR
  4. clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
  5. introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
  6. Não tem conta PayPal? Não há problema! Pode pagar através de transferência bancária!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top