Morreu Eduardo Beauté, o criador da beleza e guardião de segredos das celebridades

O cabeleireiro Eduardo Beauté morreu este sábado, 7 de setembro. Eduardo Beauté tinha 52 anos. Amigos desconfiam de suicídio e Luís Borges pede respeito pelo momento.

07 Set 2019 | 21:08
-A +A

Eduardo Beauté morreu este sábado, 7 de setembro, aos 52 anos. O ex-marido do cabeleireiro, o manequim e stylist Luís Borges anunciou a morte do pai dos três filhos e pede para que respeite o momento. Beauté tinha 52 anos e deixa três filhos adotados. Foi encontrado morto em casa, este sábado, 7 de setembro.

Foi casado com o manequim Luís Borges, com quem adotou 3 filhos, Bernardo, de 9 anos, Lurdes, de 7, e Eduardo, de 4. O cabeleireiro perdeu o único filho biológico há 35 anos, vítima de cancro.

É com profunda tristeza que partilho convosco que partiu hoje o Pai dos meus filhos. Neste momento de dor peço que recordem o Eduardo com carinho e respeitem o momento difícil que atravessamos.

Publicado por Luis Borges – The Afro Boy em Sábado, 7 de setembro de 2019

Fernanda Serrano e Fátima Lopes são duas das grandes musas daquele que, no final dos anos 90 e na década que se seguiu, a referência maior no que toca a cabeleireiros de celebridades. Guardião de segredos dos famosos, Eduardo Beauté era o responsável por transformações de visual e, como os grandes profissionais do seu métier, era amigo e confidente.

Discreto, tímido até, Eduardo Beauté foi, para muitas das mulheres mais célebres de Portugal, um irmão adotivo. Criou visuais para casamentos, fez cortes radicais após separações. Viu nascer filhos, peças de teatro, novelas, programas e, durante vários anos, até o seu negócio entrar numa crise irreversível, foi um dos mais reputados e respeitados hairstylists do país.

 

Uma celebridade que cuidava de celebridades

 

Tornou-se ele próprio uma celebridade e foi um dos primeiros homens famosos portugueses não só a falar publicamente sobre a sua orientação sexual como também a casar-se, pouco tempo após a legalização das uniões civis entre cidadãos do mesmo sexo. Eduardo Beauté e Luís Borges casaram-se em maio de 2011. Separaram-se em setembro de 2016. Um processo que se sucedeu de trocas de acusações públicas. 

Tratamento a grave depressão

As causas da morte ainda não foram esclarecidas, mas suspeita-se que tenha sido suicídio. Em abril deste ano, Eduardo Beauté confessou a Manuel Luís Goucha que teve uma «grande depressão» e que passou por «tratamentos psicológicos e psiquiátricos. Na altura, o cabeleireiro negou perentoriamente ter contemplado terminar com a própria vida.

O pai de Eduardo Beauté suicidou-se em 2010.

Texto: Raquel Costa e Redação WIN – Conteúdos Digitais | Fotos Arquivo Impala

 

Veja mais:
Eduardo Beauté recorda morte do filho
Justiça investiga Eduardo Beauté e Luís Borges

PUB
Top