Morreu o treinador Diego Maradona. Tinha 60 anos (ÚLTIMA HORA)

Diego Maradona morreu, esta quarta-feira, aos 60 anos. A notícia do desaparecimento do treinador e antigo futebolista argentino está a ser avançada pela imprensa local.

25 Nov 2020 | 16:22
-A +A

Morreu Diego Maradona. Considerado um dos melhores futebolistas de todos os tempos, o argentino perdeu a vida, esta quarta-feira, aos 60 anos, de acordo com a imprensa local.

Recentemente, o também treinador tinha sido submetido a uma intervenção cirúrgica ao cérebro.

Foi a 30 de outubro de 1960, em Lanús, uma cidade da província de Buenos Aires, que El Pibe veio ao mundo. Maradona estreou-se no futebol com 15 anos e quem o viu jogar no Argentinos Juniors percebeu que havia muito talento no pequeno jogador de apenas 1,65 metros de altura.

Em 1981, chega ao Boca Juniors que pagou pouco mais de um milhão de euros pelo passe do jogador. Destacou-se no clube argentino e despertou a atenção do Barcelona, que em 1984 pagou 8 milhões de euros para trazer o jogador para a Europa.

E por lá ficou até 1984, ano em que os italianos do Nápoles gastaram 13 milhões de euros para levar o jogador para Itália. Em 1992 regressa a Espanha para defender as cores do Sevilha. Passou ainda pelos argentinos do Newell’s Old Boys e Boca Juniors, onde acabou a carreira, em 1997.

O último jogo foi a 25 de outubro, dias antes de festejar o 37.º aniversário e depois de 21 épocas marcadas por bons e maus momentos.

 

Para a história ficam ainda diversas frases polémicas que Maradona disse ao longo dos anos e que agora resumimos. Leia tudo aqui.

PUB