“Murros e socos”: Transexual de “Ídolos” fica inconsciente após violenta agressão

Alexa Devni Rebelo, ex-participante de “Ídolos”, diz ter sido vítima de uma agressão por “homofobia”. Alvo de “murros e socos”, a jovem transexual ficou “inconsciente por alguns momentos”.

25 Jan 2022 | 18:55
-A +A

Alexa Devni Rebelo, ex-participante de “Ídolos”, relatou detalhes do episódio em que diz ter sido “agredida por homofobia”. Foi na manhã do passado sábado, 22 de janeiro, num café na Covilhã. “Um rapaz perguntou-me se eu o achava bonito. Eu respondi que não, que não fazia o meu género. Foi aí que ele começou a ofender-me, a dizer que eu era feia, que era um homem… até me mandou contra a máquina de tabaco e deu-me um murro na cara”, conta a jovem transexual que ficou conhecida quando participou no talent show da SIC, ainda como Daniel Rebelo.

“Eu não fugi do café, porque temi pela minha própria vida. Ao menos, no café, estava mais segura. Mas ele voltou e deu-me murros e socos. Até caí e bati com a cabeça no chão. Fiquei inconsciente por alguns momentos. Depois levantei-me, fugi entre as mesas e escondi-me atrás do balcão”, prossegue Alexa Devni Rebelo, ao Correio da Manhã, acrescentado que as autoridades foram chamadas ao local. “Fui agredida por puro preconceito, por homobofia. Enquanto aguardávamos pela polícia, ele continuava a ofender-me, a dizer que eu não merecia viver”, lamenta a ex-participante de “Ídolos”.

A notícia da agressão foi dada pela jovem nas redes sociais. “Eu não sei como falar sobre este assunto neste momento, mas agora encontro-me no hospital por ter sido agredida por homofobia num local público”, escreveu. “Cada vez mais acho que as pessoas não têm nada na cabeça. Somos todos diferentes e merecemos respeito. Isto não acontece só comigo, mas sim com outras pessoas LGBT”, recordou, pedindo: “Isso tem de ser parado. Nós merecemos também viver”.

Foi em 2015 que, então com 16 anos e como Daniel Rebelo, a jovem participou no programa de caça-talentos musicais emitido pela SIC e foi ridicularizada durante o casting. Alexa Devni Rebelo chegou a pedir uma indemnização e o caso chegou a Tribunal.

 

“Ídolos” vai voltar à SIC

 

O “Ídolos” vai voltar à SIC. O programa, que entre 2003 e 2015 conheceu seis edições, regressa ao canal de Paço de Arcos já em 2022. As inscrições estão abertas, revelou a estação de Paço de Arcos numa publicação feita nas redes sociais.

“O ‘Ídolos’ que deu a conhecer talentos como Salvador e Luísa SobralCarolina TorresFilipe PintoCarolina Deslandes e Diogo Piçarra, entre tantos outros, está mesmo de volta! Inscreve-te já, antes que seja tarde!”, lê-se na legenda de um vídeo promocional.

 

Leia tudo aqui.

 

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: reprodução SIC e redes sociais
PUB