Nazaré: Nazaré quer comprar a empresa de Adolfo

No episódio desta quarta-feira da novela Nazaré, da SIC, Nazaré entrega ao advogado a papelada necessária para a compra da Frisado.

23 Set 2020 | 13:00
-A +A

No episódio desta quarta-feira da novela Nazaré, da SIC, Bernardo está no lar e pesquisa e analisa criteriosamente videoclips para tentar perceber quais são as hipóteses de Olívia. A jovem acalma-o e tenta explicar que é apenas um videoclip e que não tem de estar assim tão nervoso. Bernardo dedica-se então à pesquisa do caso de Roberto.

Rui chega atrasado à clínica e Érica faz-lhe logo um reparo. Vão os dois tratar de um cão e Rui, com o pensamento em Nazaré e Duarte, está prestes a matar o animal com uma injeção errada quando Érica lhe dá um grito. A funcionária fica transtornada por ver que Rui não está em condições e não o deixa ficar sozinho.

Rui vai ter com a mãe à empresa e Natália fala-lhe da procura de casas. O veterinário comenta que anda cansado, cheio de trabalho e que ia matando um cão, por isso, decidiu despedir-se e colocar a sua carreira de veterinário em suspenso para se dedicar inteiramente à Atlântida.

Na Geliré, Nazaré comenta com o marido que tem medo que Joaquim se esteja a por em mais problemas para os ajudar, mas Duarte comenta que a sua ajuda pode ser preciosa para saberem o que se passa na Atlântida. Adolfo aparece com uma postura muito zen e amigável e diz a Nazaré e a Duarte que a Frisado não está à venda.

Bernardo quer infiltrar-se na rede criminosa

Bernardo vai ter com Joaquim e diz-lhe que acredita na sua inocência e que, por isso mesmo, quer que ele o ajude a infiltrar-se na organização de Cortez para descobrir o que se passou com Roberto e ajudá-lo a provar que não é culpado de nada.

Adolfo, pressionado por Duarte, acaba por dizer qual o valor que quer pela Frisado e diz que todo esse dinheiro servirá para ajudar pessoas que precisam de encontrar a luz, como ele encontrou. O casal diz-lhe que está disposto a pagar e fecham a venda. Nazaré está muito nervosa, mas Duarte apoia-a incondicionalmente.

Joaquim recusa-se a aceder ao pedido de Bernardo e diz que é demasiado arriscado estar a pô-lo na rede de Cortez. Bernardo insiste e fica frustrado perante a nega de Joaquim.

Natália está a beber café no Mercado quando Adolfo chega e se junta no quiosque. Em conversa com Toni, Adolfo acaba por revelar que Nazaré e Duarte lhe fizeram uma proposta para comprar a Frisado.

Nazaré teme pelo futuro do pai

Nazaré entrega ao advogado a papelada necessária para a compra da Frisado. O Dr. Barbosa diz a Duarte que têm de preparar a sua defesa contra Natália e que as coisas podem complicar-se, caso a mãe dele volte a alegar violência doméstica. Em relação a Joaquim, a situação também não é fácil tendo em conta as provas existentes.

Nuno regressa ao Hotel ajudado por Ana e por Gil. Júlia aparece e Ana leva Gil consigo, dizendo que vão tratar do almoço. Nuno confessa que estava à espera que Júlia o fosse visitar, mas ela relembra-lhe que as coisas são claras entre eles e que não existe nada.

No Restaurante, Toni e Glória elogiam o ato de coragem de Amélia. Natália concorda com eles e sugere-lhe que tire uns dias para descansar. Amélia fica comovida e acaba por aceitar.

Joaquim felicita Nazaré pela intenção de compra da Frisado e Nazaré comenta com o pai que o advogado está receoso em relação ao caso dele e acha que não há muito a fazer. Em silêncio, Joaquim pondera a proposta de Bernardo.

Na Atlântida, Natália mostra, animada, as fotos de uma casa a Rui enquanto este fica bastante desanimado ao saber que Nazaré vai comprar a Frisado e que Duarte estará, como sempre, ao lado dela. Rui está apaixonado por Nazaré e não suporta a felicidade do casal.

Nazaré vai até ao Lar e pede a Matilde que vá buscar Alice, pois tem uma reunião. Matilde está muito orgulhosa da filha, mas Nazaré não deixa de estar ansiosa e comenta que Joaquim lhe disse que queria fazer justiça pelas próprias mãos.

Bernardo vai ao encontro de Joaquim e avisa-o que está decidido a entrar na rede de Cortez e que o fará com ou sem a sua ajuda. Joaquim acede a ajudá-lo, mas diz-lhe que vão fazer as coisas à sua maneira.

 

Recorde aqui o que aconteceu no episódio anterior de Nazaré.

PUB
Top