Nazaré: Rui faz confissão a Nazaré contando-lhe que foi ele quem tramou Adolfo

Saiba o que vai acontecer esta terça-feira, 18 de agosto, na novela Nazaré.

18 Ago 2020 | 13:10
-A +A

No episódio desta noite de Nazaré, na SIC, Toni ameaça o pescador com um facalhão nas traseiras do Mercado e pergunta-lhe o que Rui lhe queria. O pescador acaba por confessar que fez esse serviço a troco do pagamento do irmão de Duarte.

Ana e Gil vão até à Atlântida falar com Duarte sobre o uso excessivo de plástico nas encomendas. Gil apresenta logo uma solução alternativa e o Blanco fica interessado, combinando com eles uma reunião para falarem melhor sobre o tema.

Érica está no Hotel, cheia de sono e, mal acaba a conversa com Nuno, acaba por adormecer. Passado um bocado, Cris chega e acorda Érica que, sobressaltada, pergunta onde está Yara. Cris não vê a filha e Nuno também não sabe dela. Érica entra em pânico, pensa que Verónica lhe levou a filha.

Toni arrasta Rui até à Geliré e obriga-o a confessar o que queria com o pescador. Rui acaba por dizer que foi ele que pôs a sardinha ilegal nas arcas de Adolfo e que o fez para ajudar Nazaré e a sua empresa. A mulher de Duarte fica incrédula.

Nazaré não quer acreditar no que Rui fez. Este diz que foi com o intuito de a ajudar, mas ela avisa-o que não joga sujo. O veterinário admite ter sido também responsável pelo açúcar nos motores do barco e pelo bilhete a avisar das baratas. Nazaré quer saber se Rui vai ser homenzinho e se vai assumir os seus erros perante as autoridades.

 

Vânia faz cena de ciúmes

Em casa de Glória, Vânia reclama com Toni pois ligou-lhe imensas vezes sem resposta. Ele, ainda que não queira admitir, diz-lhe que esteve a ajudar Nazaré e Vânia fica furiosa e avisa-o que está farta de ser trocada por ela.

No Hotel, Érica chora desesperada com medo que Verónica lhe tenha levado a filha. De repente, Sónia aparece com Yara e diz que estavam as duas a brincar e que achou que Érica precisava de descansar. Érica desdobra-se em desculpas e agradece a Sónia.

Na Quinta, Olívia e Bernardo falam entusiasmados sobre o casamento, mas acabam por perceber que não concordam em nada. Olívia fica desgostosa pois Bernardo não está disposto a ceder em nada.

Na cozinha do Hotel, Cris diz a Érica que lhe devia ter contado que Verónica está viva. Ela explica que não contou, pois descobriram que foi Nuno quem a tentou matar. Érica queixa-se que está muito cansada de criar Yara sozinha e trabalhar ao mesmo tempo e Sónia dá-lhe uns comprimidos. Érica fica receosa.

Cris confronta Nuno e diz-lhe que já sabe que tentou matar Verónica. Este tenta explicar-se e diz-lhe que não irá fazer mais nada que os possa por em perigo. Amélia ouve, atenta, a conversa quando recebe uma chamada de Adolfo a pedir para ir ter com ele à esquadra.

Alice aparece de surpresa na Atlântida e pede a Duarte que lhe dê dinheiro para pagar o táxi que a trouxe até ali. Refila porque não gosta de ter os seus novos pais separados e exige a Duarte que jante com ela nessa noite.

 

Amélia recusa defender Rui

Adolfo aparece, acompanhado de Amélia, na Geliré e diz à sua rival que utilizou Rui para se safar. Nazaré desmente-o e diz que foi ela que obrigou Rui a ir confessar os seus crimes às autoridades e que não precisa de truques manhosos para ser melhor que ele.

No bar do Hotel, Natália discute com Rui pelo que fez e o veterinário diz à mãe que Nazaré não lhe pediu nada e que o que fez, foi porque quis. Amélia ouve a conversa e aconselha Natália a afastar o filho da pescadora. Natália pede-lhe que defenda Rui, mas Amélia recusa pois já é advogada de Adolfo.

No Lar, João ensaia as suas piadas para o espetáculo de stand-up e comenta que Matilde não deve aparecer. Esta chega, entretanto, mas está chateada com João e ele pede-lhe que, por favor, não cancele o evento.

No Mercado, Dolores e Glória estão a fechar as bancas ao mesmo tempo quando começam a trocar acusações. Joaquim e Ismael, que as observam, condenam a sua conduta e dizem que o melhor que tinham a fazer era estar unidas pelo bem do mercado e dos vendedores. As duas, demasiado orgulhosas, recusam-se.

Alice liga a Nazaré e diz-lhe que quer ir jantar uma bifana à roulotte e sai com Matilde. Quando Nazaré chega para jantar percebe que, tanto ela como Duarte, foram enganados por Alice.

Texto e fotos: Divulgação SIC

PUB
Top