“Nazaré”: Verónica envia um vídeo que confirma a inocência de Nuno

No episódio desta noite de “Nazaré”, SIC, Bernardo e Érica ficam felizes porque a mãe fez a coisa certa, ao anunciar que Nuno não é culpado pelo seu homicídio e que ela está bem e em segurança.

05 Nov 2020 | 13:10
-A +A

No episódio desta noite de “Nazaré”, no restaurante, Dolores censura Toni por ter andado a fazer-se passar por Felismina. Vânia diz que ele foge sempre às responsabilidades e até Glória concorda, Toni, revoltado, diz que vai provar que é um homem a sério. Já no mercado, Toni chama atenção de todos, faz um discurso sobre o bom café que ele criou e que fez tudo pelo bem de todos. O discurso impressiona, deixando até Adolfo sentir-se atraído por Toni, que o afasta.

Natália está muito nervosa, Duarte e Nazaré tentam convencê-la a contar onde está Rui. Natália sente vontade de falar quando Nazaré diz que Rui precisa de cuidados e que podem levar uma ambulância até ele, mas acaba por não fazer, diz que não sabe do paradeiro do filho e pede que retirem a guarda policial. Duarte não cede. Entretanto, Rui continua escondido no velho armazém cheio de fome. Come os restos de comida de uma lata abandonada por alguém, mas afasta porque lhe sabe mal.

Cortez disfarçado com boné e óculos escuros, faz check-in no hotel com Cris. Júlia desce dos quartos e reconhece-o, arranca o boné e chama a polícia. Cortez não contava com a polícia ali e foge em direção ao bar. Júlia diz ao agente da PJ que Cortez é um criminoso. Nazaré e Duarte reconhecem-no. Cortez tenta explicar-se. Júlia tem certeza que ele veio atrás dela. Natália desce e aproveita a confusão para se escapar do hotel sem ninguém ver.

Joaquim acabou de falar com Nazaré, e decide ir para o hotel onde está Cortez. Érica recebe um vídeo de Verónica, os três assistem, Bernardo e Érica ficam felizes porque a mãe fez a coisa certa, ao anunciar que Nuno não é culpado pelo seu homicídio e que ela está bem e em segurança. Érica incentiva o irmão a ligar à mãe, mas está desligado. Ele pede que lhe mande o vídeo porque tem Joaquim à espera para irem ver de Cortez ao hotel.

Cortez diz que já pagou pelos seus erros, não podem estar a julgá-lo por estar ali. Júlia acusa-o de raptar Roberto e de ter ido atrás dela. Ele finge-se desentendido. Duarte lembra-se de Natália e sai a correr pelas escadas do hotel. Nazaré segue-o. Entra no quarto de Natália e vêm que ela não está. Duarte pede a Cris que o avise se ela voltar. Duarte diz a Nazaré que sabe onde ela possa estar. Os dois saem apressadamente.

No mercado, Toni cola um cartaz que alega que ele só queria o bem de todos. Adolfo não consegue tirar os olhos de Toni, confuso entre os papéis de Felismina e Toni. Vânia quase cai do escadote mas Adolfo ampara-a e insiste para ser ele a ajudar Toni. Dolores e Glória percebem que ele está derretido por Toni. Toni orgulhoso do cartaz. Dolores e Glória riem-se, dizem que Adolfo gosta é dele e querem aproveitar isso para Toni saber mais sobre o projeto.

Vânia mostra-se compreensiva com Sónia que chora, sabe que precisa de ajuda. Vânia marcou-lhe uma consulta numa clínica de reabilitação em Leiria, Sónia diz que vai pagar-lhe tudo o que gastar com ela, promete que vai fazer tudo para ficar bem.

Cris sente-se um pouco culpado com o que aconteceu a Sónia. Ana diz que ela tem a família para ajudá-la e fala de Érica. Cris diz que os dois não têm nada, Ana acha que sim e aponta para Yara, além de que, são solteiros e dão-se melhor que muitos casais. Só falta um deles dar o primeiro passo.

Recorde aqui o episódio anterior de “Nazaré”.

Texto e fotos: SIC

PUB