Nazaré: Verónica liga a Félix aterrorizada e Nuno é detido por suspeita de homicídio

Saiba tudo sobre os principais acontecimentos do episódio desta quarta-feira, dia 8 de abril, da novela da SIC Nazaré.

08 Abr 2020 | 13:15
-A +A

Duarte chega com Prata a casa de Nazaré e diz a Toni e Nazaré que fez queixa para os proteger. Prata pede-lhes que o acompanhem para formalizar a queixa. Ermelinda está na sala de pessoal quando encontra os cartões de cidadão falsos de Ivana e do bebé. Ivana apanha-a em flagrante e ameaça-a dizendo que o bebé vai ter com o pai e que ela vai manter o bico calado e não vai contar nada a ninguém.

Érica conta que o corpo de Félix não estava no caixão. Dolores acha que não se pode ausentar agora com a quantidade de desgraças que têm acontecido ultimamente: o desaparecimento do corpo de Félix e a tentativa de Nuno matar Nazaré e Toni. Bárbara fica em choque com o que ouve e percebe que Duarte, mais uma vez, lhe esconde todos os assuntos que estão relacionados com a Nazaré.

No Hotel, o quarto de Nuno está revirado quando Prata pede a Laura que dê o mandato a Nuno, quando este chegar e diz-lhe que as provas que encontraram são suficientes. Duarte vai até à casa de Félix quando Verónica lhe diz que o corpo do tio não estava no caixão. Duarte aproveita a oportunidade para a desafiar e deixar insegura em relação à possibilidade de Félix estar vivo. Verónica, aterrorizada, expulsa Duarte de casa e liga a Nuno a pedir que vá ter com ela.

Nuno está de saída da Atlântida, para ir ter com Verónica, quando é abordado por Prata, que o informa que está detido por suspeita de homicídio. Nuno ainda tenta negar, mas Prata avisa-o que não vale o esforço pois revistaram o seu quarto e encontraram provas.

 

Recorde aqui o que aconteceu no episódio anterior de Nazaré.

 

Verónica, estranhando a demora de Nuno, vai até ao Hotel à sua procura. Laura conta a Verónica que Nuno só está ali para vingar a morte da mulher e do filho, que morreram nos incêndios. Verónica está em choque e Laura ainda acrescenta que Nuno apenas se aproximou dela porque Duarte lhe contou que Verónica esteve envolvida nos incêndios e com o objetivo de a pôr na prisão.

Verónica volta para casa completamente perturbada pelo que acabou de saber. Expulsa Paula e fecha-se no quarto. Bernardo vem ter com a mãe e diz-lhe que tem um plano para apanharem Félix. Verónica liga a Félix e pede um encontro. Bernardo, ao perceber o estado da mãe, diz-lhe que fica a fazer-lhe companhia essa noite.

Na Quinta, Duarte tenta explicar-se a Bárbara, mas esta nem o quer ouvir e diz que a culpa só pode ser dela por deixar que a Nazaré interfira tanto na vida deles. Matilde queixa-se à filha das atitudes de João quando Nazaré começa a chorar pois descobre que Bárbara e Duarte estão a tentar ter filhos. Toni chega e Nazaré tenta disfarçar dizendo que está preocupada com a detenção de Nuno. Toni não acredita que aquela tristeza toda seja apenas porque ela acha que Nuno é boa pessoa e está apenas perturbado pela dor.

Glória está a fechar o restaurante quando Ismael entra a cantar deixando Glória embevecida. Glória manda-o calar porque fica enfeitiçada quando o ouve. Ismael pede uma oportunidade e beija a mão de Glória, que perde as forças.

 

Texto e fotografias: SIC

 

Pontos de Venda das Nossas Revistas:

 

PUB
Top