“Nem quero ouvir falar dela”: Ex-sogra acusa agricultora de ficar com dinheiro do filho

A mãe do ex-namorado de Ana Palma alega que a agricultora tirou o dinheiro todo ao seu filho e por pouco não lhe levou os pertence de casa. A progenitora da jovem viu-se ainda impedida de trabalhar.

03 Jul 2021 | 21:00
-A +A

A agricultora Ana Palma, de 36 anos, é de Serpa e decidiu abrir caminho ao amor no programa “Quem Quer Namorar com o Agricultor?”, da SIC, por iniciativa da sua irmã. É que a alentejana, segundo Gertrudes Palma, não tem tido muita sorte no campo amoroso. Isto porque aos 25 anos casou-se, mas os problemas do marido com o álcool deram cabo da relação passados quatro anos.

Entretanto, a jovem arranjou outro namorado, com quem esteve sete anos, mas a “falta de comunicação, insultos” e a existência de “muita agressividade verbal”, tal como referiu no programa, acabaram por ditar o fim deste namoro. Porém, quem não está muito contente com estas palavras é Maria, mãe do seu ex-namorado, que, em declarações exclusivas à TV 7 Dias, deu outra versão da história… mas vamos por partes.

Ao contrário do que já foi escrito, Hélio Silva, o queijeiro que trabalha na empresa que está em nome de Gertrudes e do marido, François Raoul Vez, não foi o último namorado de Ana Palma. Em declarações exclusivas à nossa/sua revista, a irmã da agricultora explica: “O Hélio é nosso empregado há 14 anos. Ele foi namorado dela há 14 anos. Esse namoro foi outra situação, que nada tem a ver com o Hélio. Ele foi um antigo namorado dela, mas há 14 anos, e dão-se lindamente. Por isso também continua a trabalhar na queijaria”.

Sobre o referido “ex”, Gertrudes prefere manter o silêncio, afirmando que o motivo para a separação é um assunto “privado dela”. “Não me posso manifestar sobre isso. O terminar de qualquer relação deixa sempre uma marca e foi isso que se passou, mas já recuperou”.

 

Mãe do ex-namorado de Ana Palma: “Não quero nem ouvir falar dela”

 

No entanto, a TV 7 Dias andou pelas ruas de Serpa a tentar descobrir a verdadeira identidade do jovem e, apesar de a maioria das pessoas ou não querer dizer quem seria este rapaz ou garantir não saber, lá encontrámos quem nos dissesse e, inclusive, nos levasse a casa dos pais do “ex” de Ana Palma.

Ao chegarmos à moradia, fomos recebidos por Maria, mãe de Emanuel, o verdadeiro ex-namorado, que, ao nos identificarmos e explicarmos o motivo pelo qual nos encontrávamos ali, a reação foi imediata: “Não quero nem ouvir falar dela. (…) Ela, na televisão, parece muito fina, mas não é o que aparenta ser.”

Segundo esta alentejana, alegadamente, Ana Palma terá ficado “com o dinheiro todo dele. E só não lhe roubou as coisas todas da casa porque o avisaram a tempo de que ela estava a tirar coisas da casa deles”. Segundo Maria, Ana Palma e Emanuel “estão a pagar casa há cinco anos e tinham lá as coisinhas dos dois. Ela não tinha nada que começar a tirar os bens lá de casa sem ele estar presente. Ainda bem que ele foi avisado”.

 

“O meu marido morreu com o desgosto de saber o que ela lhe fez”

 

Para a ex-sogra da agricultora de Serpa, “é um grande desgosto o que ela está a fazer”, agravado pelo facto de ter perdido o marido há um mês, que também estava a par do sucedido. “O meu marido morreu com o desgosto de saber o que ela lhe fez”, lamenta-se, com o olhar pesaroso de um luto que traz estampado também na roupa.

Sobre as acusações de agressividade verbal, Maria garante que “ela fala mal dele, mas ela é que lhe fez das suas”, explica, acrescentando ainda que “ele nunca lhe encostou um dedo”.

Para confrontar Ana Palma com estas acusações, a TV 7 Dias enviou uma mensagem pelo Facebook, mas que nem sequer foi vista até ao fecho da nossa edição. A nossa/sua revista entrou também em contacto com a SIC e com a Fremantle para tentar chegar até à alentejana, mas uma fonte da produtora esclareceu que, por motivos contratuais, os participantes de “Quem Quer Namorar com o Agricultor?” não podem prestar quaisquer declarações à Imprensa até ao final do programa.

 

Mãe da agricultora da SIC esteve acamada durante meses

 

A iniciativa de participar no rurality show da SIC partiu de Gertrudes Palma, que decidiu inscrever a irmã por considerar ser “importante a pessoa dar um passo em frente”. “Então, optei por a inscrever para ela se divertir um bocadinho. Ela ficou bastante surpreendida, mas aceitou”.

Também os pais, José e Maria Guadalupe, “nunca se opuseram a nada”, garante, mas optaram por ficar longe das câmaras, até porque, segundo a irmã de Ana Palma, a sua progenitora tem algumas dificuldades em locomover-se. De acordo com Gertrudes, Guadalupe, que era proprietária de um estabelecimento comercial em Serpa, “no ano passado teve um problema de saúde e teve de deixar a mercearia. Agora está reformada. Ela teve um problema numa anca e esteve acamada durante quatro ou cinco meses. Entretanto, foi operada e resolveu o problema. Felizmente, correu bastante bem. O pai trabalhava connosco, mas já se aposentou do trabalho”.

A TV 7 Dias foi bater à porta de casa da mãe de Ana Palma, que não quis prestar declarações. Garantiu-nos apenas que não chegou a conhecer nenhum dos pretendentes da filha, o que dificilmente acontecerá num futuro próximo, uma vez que as gravações em Serpa já terminaram.

Existirá apenas mais um momento de filmagens, em setembro, mais próximo do fim do programa, para evitar fugas de informação. No entanto, não é de todo impossível, pois, garante Gertrudes “as filmagens já acabaram, mas continuam todos a dar-se bem”.

 

Texto: Carla Ventura (carla.ventura@impala.pt); Fotos: Divulgação SIC

 

(artigo originalmente publicado na edição nº 1789 da TV 7 Dias)

PUB
Top