“Não gosto de ti, mãe”, disse Gustavo Santos

Ele não para de surpreender! Numa entrevista a Rui Unas, o apresentador deu declarações polémicas.

10 Dez 2016 | 17:36
-A +A

Se o apresentador e escritor andava nas bocas do povo pelas suas “palestras” e palavras de motivação, agora “arranjou mais lenha para se queimar”.

Recentemente, numa entrevista ao live show “Maluco Beleza” de Rui Unas, GUSTAVO SANTOS revelou que chegou a um ponto na sua vida, em que teve de se desligar de algumas pessoas: “Eu tive que por muita gente a andar. Achas que eu quero alguém na minha vida que me cobra? Porque eu estou a seguir o meu sonho e a respeitar a minha vontade? Era o que faltava. Não preciso dessas pessoas (…) Mano! Eu já fiquei sem falar com a minha mãe e o meu pai, e foi de um dia para o outro”.

Perante o ar incrédulo de Rui Unas, o jovem lá continuou a explicação: “Se ter um pai é para estar a passar por isto, então eu não quero ter um pai. E eu disse ao meu pai: ‘Pai! Vamos cortar por aqui!’ E cortámos durante um ano e meio. Agora temos uma relação extraordinária. E com a minha mãe aconteceu a mesma coisa. Oh pah! Se eu estou com a minha mãe e só me dá dores de cabeça, e eu passo-me e enervo-me e isto custa-me, e aquela pessoa não sai daquela lenga lenga, então não faz sentido nós os dois estarmos juntos”, acrescentou.

E as declarações polémicas continuaram: “Dizer: ‘Oh mãe, oh pai, não gosto de ti’. É violência? Não acho que seja violência nenhuma, acho que estou a ser verdadeiro. Um dia a minha mãe perguntou-me se eu gostava dela e eu disse: ‘eh pah… não dá para gostar de ti. É impossível, não consigo’. Achas que isto é violência? É a verdade!”

Gustavo Santos garante que hoje em dia tem “uma relação maravilhosa” com a progenitora, e a razão, segundo ele, é simples: “Agora amo-a, porque a minha mãe encontrou-se”.

O apresentador deixou ainda no ar que teve uma infância e uma adolescência difíceis e com episódios de alguma agressividade: “Tive violência física em miúdo, conheço-a muito bem, até!”

PUB
Top