Noite eleitoral foi de Marcelo… e da SIC. Mas o público quer é o “Big Brother”

A SIC conquistou o público na noite em que Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito Presidente da República. A TVI interrompeu o discurso de vitória para arrancar com o líder “Big Brother”.

25 Jan 2021 | 17:21
-A +A

A SIC foi a estação preferida do público na noite em que se decidiu pela continuidade de Marcelo Rebelo de Sousa no cargo de Presidente da República. A emissão especial conduzida por Rodrigo Guedes de Carvalho, Clara de Sousa e Bento Rodrigues liderou em audiências, derrotando os eventos organizados pela RTP1 e pela TVI.

Dividida em três partes pela SIC, a noite eleitoral foi acompanhada naquele canal, em média, por 1 milhão e 97 mil espectadores e registou 20,2% de quota de mercado. Com isto, a estação de Paço de Arcos ocupou a segunda, a terceira e quinta posição na tabela dos programais mais vistos deste domingo, liderada pelo informativo “Primeiro Jornal”, também da SIC.

A emissão especial da TVI, que começou mais tarde e terminou mais cedo do que as concorrentes, fidelizou à antena, na média dos três segmentos, 1 milhão e 57 mil espectadores, tendo marcado 19,4% de share. Pedro Mourinho, José Alberto Carvalho, Sara Pinto e Carla Moita foram os anfitriões de um evento transmitido em simultâneo na TVI24 – o canal informativo agarrou a liderança das audiências naquele horário.

A RTP1 foi a estação que mais tempo dedicou ao ato eleitoral. Conduzida por José Rodrigues dos Santos e Ana Lourenço, o programa foi dividido em cinco partes e captou a atenção de uma média de 630 mil e 300 espectadores, com 12,1% de quota de mercado.

 

Gala do “Big Brother” tardia mas líder de audiências

 

A TVI encerrou a noite eleitoral no canal generalista à meia-noite em ponto, interrompendo o discurso de vitória de Marcelo Rebelo de Sousa, para dar início à gala do “Big Brother – Duplo Impacto”. O primeiro segmento, intitulado “O Jogo”, obteve uma audiência média de 697 mil e 300 espectadores e registou 23,8% de share. Já o segundo e último, com o nome de “Nomeações”, ficou-se pelos 570 mil espectadores e 33,2% de quota de mercado.

Ambas as partes do reality show da TVI, apresentado por Teresa Guilherme e Cláudio Ramos, foram líderes de audiências. A SIC vice-liderou com a reposição de dois programas dedicados ao Presidente da República reeleito – “Terra Nossa” e “Alta Definição”. Já a RTP1 manteve-se em terceiro lugar no confronto, com o filme “O Amigo do Peito”.

Nas contas gerais do dia, a SIC foi o canal mais visto pelo público, com 17,5% de quota de mercado. A TVI surge atrás, com 15,9% de share, seguidas da RTP1, com 9,8%, e da RTP2, com 1,4%.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Divulgação SIC e reprodução redes sociais

PUB
Top