Novo desafio: João Mota cumpre promessa e garante ir “fazer a diferença na saúde mental”

João Mota vai estudar Psicologia, cumprindo uma promessa feita a ele próprio de que, “um dia, iria fazer a diferença, na saúde mental do mundo”. O ator foi felicitado por vários colegas.

31 Jul 2021 | 17:33
-A +A

João Mota acaba de fazer uma nova aposta no plano profissional. Terminadas as gravações da novela “A Serra”, em exibição na SIC e na qual dá vida a Nicolau, o ator resolveu apostar na formação mas, desta vez, fora da representação. Concretizando um sonho antigo, o algarvio, de 30 anos, inscreveu-se no ensino superior para frequentar a curso de Psicologia.

“Meu menino. Prometi-me, quando te foste, que, um dia, iria fazer a diferença, na saúde mental do mundo. Hoje, inscrevo-me na Licenciatura de Psicologia, em regime pós-laboral”, começou por escrever João Mota, na legenda de uma fotografia, sem identificar a quem se destinavam as suas palavras.

“Vou aprender para um dia poder fazer parte desta gente tão especial que torna o mundo num lugar mais feliz”, concluiu, visivelmente satisfeito. Após a partilha, foram muitos os rostos conhecidos que deixaram uma mensagem de força através de emojis, como foi o caso de Pedro Hossi, Miguel Costa, Catarina Gouveia, Jani Gabriel e Carla Andrino – que também é licenciada em Psicologia.

 

João Mota é um homem “muito inseguro”

 

Em maio, João Mota foi convidado de Daniel Oliveira no programa “Alta Definição”, da SIC, e admitiu ser um homem “muito inseguro”, algo que explica o facto de ter tido apenas duas namoradas na vida, uma delas a também atriz Mariana Monteiro.

O namoro entre os dois chegou ao fim em agosto de 2019, depois de sete anos de relação. Apesar de não falar diretamente da atriz, João Mota não se inibiu de fazer um sentido desabafo sobre o amor.

“Aprendi que não há relações para sempre, mas há pessoas para sempre. As memórias, aquilo que imprimes no outro e isso vai de como tu te deixas ser amado e como tu amas o outro. O mais difícil é construir o amor. Para mim, não há amor à primeira vista. Há paixão à primeira vista. O amor, depois, é uma construção e essa construção muitas vezes é desconstruíres-te para construíres algo com alguém. Isso é amor. Claro que não é mudar a tua essência, mas tem de haver ajustes”, disse.

 

Leia mais aqui.

 

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top