Nuno nega qualquer envolvimento sexual com Sofia Sousa

O ex-militar falou ainda da relação de Diogo e da ex-namorada.

18 Jun 2018 | 9:46
Bruno Savate massaja Carina e Nuno dá-lhe preservativos
-A +A

 

Depois de ter sido expulso da última gala da «Casa dos Segredos: o Reencontro»,da TVI, Nuno foi confrontado pela primeira vez sobre o alegado caso que teve com Sofia Sousa.

«Mentira», foi o que respondeu o ex-militar do Exército Português quando questionado sobre o que uma revista nacional tinha escrito sobre um possível encontro sexual há cerca de dois meses em Lisboa.

«Nunca dormi com a Sofia nem dentro nem fora da Casa. Nem sabia quem era a Sofia. Essas afirmações são ofensas graves», declarou, surpreendido, o jogador nortenho, sem adiantar mais pormenores sobre a relação que tem com a ex-companheira de Thierry.

De acordo com uma publicação nacional, o concorrente do norte terá conhecido a «mãe coragem» no dia em que saiu da sétima edição do formato e, nessa mesmo noite, dormiu com a colega num hotel da capital portuguesa. «A Sofia é só uma amiga e uma amiga dos meus amigos. Não sou viciado nem louco por ela», esclareceu.

Sobre a relação que Sofia Sousa tem com Diogo Marcelino, o «pinga-amor» do «Secret Story 7» não se adiantou em comentários. «O Diogo e a Sofia fazem um casal bonito, mas não sei, mas não sei…», disse hesitante.

Já no que toca a quem quer que ganhe a casa, Nuno afirmou que tem o jovem de Sesimbra como favorito, seguindo-se Fanny e Carina.

A expulsão de Nuno

 

A duas semanas da grande final de «Casa dos Segredos: o Reencontro», Nuno, ex-concorrente da sétima edição, foi o eleito pelos espetadores para ser o expulso da gala deste domingo.

Entre os quatro nomeados, onde se incluía Sofia, Bruno Savate e Fanny, o jogador do norte foi o menos votado pelo público e saiu com 48 por cento das votações, quatro pontos abaixo da «belle portuguaise» que chegou a ser apontada como a potencial expulsa do programa de domingo da TVI.

No final da emissão do formato apresentado por Manuel Luís Goucha, o ex-comando afirmou não «estar surpreendido» com esta saída. «Digiro sempre bem as saídas. Fui o concorrente com mais votação de sempre na história dos reality-shows, sobrevivi a duas nomeações nesta Casa», disse conformado com o desfecho da sua estada na «casa mais vigiada do país».

Sobre esta nova experiência do reencontro, Nuno adiantou que foi uma «missão cumprida». «Foi uma experiência totalmente diferente. Nesta Casa não fui ofuscado e deu para mostrar mais de mim», contou.

Quanto a participações futuras neste ou noutro tipo de formatos, o antigo militar não descarta essa possibilidade.

PUB
Top