O adeus a Valentina: mãe da criança desmaia e é levada para o hospital (FOTOS)

Rodeada de alguns familiares, Sónia Fonseca despediu-se esta tarde da filha. Valentina, de 9 anos, morreu na passada quinta-feira, alegadamente às mãos do pai, Sandro Bernardo.

12 Mai 2020 | 18:39
-A +A

O funeral de Valentina realizou-se no Bombarral só com a presença de familiares, devido às restrições motivadas pela pandemia da covid-19. Sofrimento e lágrimas marcaram o momento de despedida à menina de 9 anos assassinada pelo próprio pai. Realizada a autópsia, o corpo da criança foi libertado para que a família pudesse fazer a cerimónia de despedida. A mãe, Sónia Fonseca, não conteve as lágrimas em desespero pela perda da filha.

Sónia Fonseca chegou mesmo a desmaiar e foi transportada de maca do local.

Impedidos de marcar presença no funeral de Valentina, os populares de Atouguia da Baleia estão a organizar uma homenagem que deverá consistir num minuto de silêncio e no acender de velas na casa de cada um. Valentina foi dada como desaparecida na quinta-feira de manhã, depois de denúncia do pai na GNR de Peniche.

Pai e madrasta detidos no domingo e ouvidos esta manhã em tribunal

As buscas contaram com o envolvimento de «mais de 600 elementos ativos, numa área percorrida de sensivelmente quase 4 mil hectares, palmilhada mais do que uma vez em alguns locais». Depois de cerca de três dias de buscas, a PJ de Leiria deteve, no domingo, o pai e a madrasta da vítima, cujo corpo foi encontrado coberto por arbustos numa mata na Serra D’el Rei, no concelho de Peniche, distrito de Leiria.

 

Texto: Luís Martins | Fotos: Tito Calado e Zito Colaço

 

Veja mais:
13 horas de agonia: Valentina foi espancada de manhã e deixada em sofrimento até morrer
Suspeito de matar a filha, Pai de Valentina andou a pedir dinheiro para ajudar crianças

PUB
Top