O Caldo entornou de vez

“São três meses a desrespeitar-me, não aguento! Estou farta!”

12 Dez 2016 | 11:24
-A +A

A noite aqueceu quando a “Dra. Amores” e o ex-concorrente Carlos estavam no confessionário para surpreender Helena mas, foram interrompidos por uma briga que estava a acontecer na Casa. 

O ambiente estava de cortar a respiração. Helena gritava “Eu estou cansada” para Cristiana e Cláudio A. estava de cara fechada. Quando Teresa tentou falar com Helena, esta gritou querer sair da Casa e que teria batido no Cláudio Alegre.

Teresa pediu à jurista que fosse ao confessionário onde estava Tucha e Carlos, uma surpresa preparada para ela, para que os ânimos se acalmassem. 

Depois de um momento mais calmo com Carlos e Tucha, mesmo que a alentejana continuasse a dizer que estava cansada e que não admitia que ninguém a ofendesse daquela maneira, a gala retomou com umas brincadeiras com Diogo S.

No final da gala, notou-se Helena a chorar e a jurista quis falar: – “A decisão é a Voz e a Endemol que tomam, não sou eu nem os concorrentes que tomam. Quero dizer que é claro que eu não tive uma atitude correta. É normal, peço desculpa mas eu não aguento que me insultem, que me chamem nomes na cara. Não aguento e tive a pior atitude de todas. (…) Sou uma pessoa ponderadíssima mas não aguento tamanha falta de educação e de respeito. Nem o Cláudio Coelho nunca me faltou ao respeito desta forma.

Cláudio A. retorquiu com uma postura arrogante: – “Também estou cansado (…) apartir do momento em que ela não me respeita e não passa lá para fora, também tenho o direito de lhe faltar ao respeito.

A mãe de Helena acabou por não aguentar e descontrolou-se gritando para a Casa e em choro compulsivo. Teresa tentou acalmá-la e afirmou que até Quarta-feira a decisão irá ser tomada. 

A apresentadora repreendeu ainda Cláudio A. pela atitude dele e por não pedir desculpa de forma humilde. O algarvio vitimizou-se afirmando: “Eu levei porrada! Ela bateu-me!”.

 

 

 

PUB
Top