O Canal 11 está no ar… com Cristiano Ronaldo: «É muito bom tê-lo connosco»

O diretor do Canal 11, Nuno Santos, revela à TV 7 Dias o que podem os portugueses esperar da nova plataforma da FPF. O primeiro dia de emissões conta com Ronaldo, Fernando Santos e Marcelo.

01 Ago 2019 | 11:11
-A +A

São 11h11. Está no ar o Canal 11, a nova plataforma de conteúdos da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), disponível a partir de agora na posição 11 das operadoras MEO, NOS e Vodafone. Cristiano Ronaldo, capitão da Seleção Nacional e estrela da liga italiana, ao alinhar pela Juventus, é a primeira cara da estação. Um convite que o internacional português recebeu «com muito agrado».

«A relação que ele tem com o seu país é sempre de total disponibilidade. Acolheu, por isso, com grande satisfação o convite e sobretudo entusiasmado com o desafio que lhe foi proposto para a primeira emissão do Canal 11. Por outro lado, Cristiano Ronaldo sabe que o 11 tem um propósito claro e inequívoco: dar um grande contributo para a promoção e desenvolvimento do futebol português. É muito bom tê-lo connosco», diz à TV 7 Dias Nuno Santos, o diretor do 11.

CR7 é o primeiro rosto do canal, mas o primeiro dia de emissões tem outros motivos de interesse, como a conversa entre o selecionador de futebol, Fernando Santos, e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, moderada pelo diretor. Mas há mais. «Será uma emissão muito especial a partir da Cidade do Futebol, onde, por exemplo, teremos o sorteio da Liga BPI do futebol feminino, que será, aliás, uma aposta forte do Canal 11, que vai procurar ajudar a que cada vez mais raparigas e rapazes pratiquem futebol», antevê.

 

Graciano e Iva de volta à TV

 

A emissão regular do 11 terá rostos bem conhecidos do público português, como Nuno Graciano, que volta à televisão na pele de repórter, Iva Domingues, à frente de um programa de entrevistas, e Vítor Baía, que se estreia no papel de apresentador. Mas a programação não será estática.

«As transmissões em direto de mais de 600 jogos vão implicar que a programação tenha de ser versátil e adequar-se às circunstâncias. Por outro lado, os programas vão adaptar-se aos públicos pelo que o perfil da grelha privilegiar um programa quase de talk rádio no arranque da tarde, um registo de talk show a seguir, depois uma matriz mais informativa e de debate e análise no prime time. No late night vamos procurar cativar um público que eventualmente pode estar mais distante do futebol», promete.

Assegurando que o Canal 11 «não se esgota na televisão», Nuno Santos não nega que é inevitável que «o futebol em direto, com transmissões de norte a sul do país, tenha um lugar privilegiado» na grelha da estação, «assim como o debate sobre a essência do jogo e a reportagem muito diferente» daquilo a que os portugueses estão habituados a ver. «Terá a dinâmica própria de um canal que estará ligado à atualidade, embora não seja um canal de notícias», acrescenta.

 

«O grande teste é agora»

 

Com «uma enorme confiança na equipa e no projeto» e ciente de que «há uma grande exigência» depositada neste projeto, para a qual a sua equipa está «preparada», Nuno Santos fala sobre as expectativas que tem para o Canal 11: «Há um caminho a percorrer e daremos passos firmes e seguros no sentido de o percorrermos de acordo com aquilo que nos move: trazer mais pessoas para o futebol. O número de praticantes federados está hoje nos 215.000 e o nosso objetivo é muito claro: ajudar a fazer crescer esse número. Por exemplo, e como referi, há um grande potencial no futebol feminino que hoje não é apenas um movimento desportivo, é também movimento social.»

O feedback do público, ainda sem perceber em que consiste, na prática, o 11, não podia ser melhor. «Tem sido muito bom, mas não me deixo iludir. O grande teste é agora. Há uma enorme confiança de que o Canal 11 estará de acordo com as expectativas criadas e também na linha daquilo que a Federação tem feito ao longo dos últimos anos. A prioridade é ter um futebol melhor.»

 

Texto: Dúlio Silva e Rita Montenegro | Fotografias: Helena Morais e reprodução redes sociais

PUB
Top