O castigo da vilã de “Lua de Mel”: Raptada e ameaçada

Decidido a ajudar Nazaré a vingar-se de Verónica, Pablo rapta a vilã e prende-a no seu quarto. A ex-pescadora fica agradecida, mas rejeita-o quando ele tenta beijá-la.

01 Out 2022 | 13:50
-A +A

No quarto de hotel em Lua de Mel, Nazaré (Carolina Loureiro) entra com Pablo (Rui Santos) e vê Verónica (Sandra Barata Belo) com uma fronha na cabeça e amordaçada. “Diz lá que sou o maior”, comenta o galego. Nazaré abraça-o e afirma: “És! És o maior!” Pablo sorri e sublinha: “Eu te disse que ela não ia a nenhum lado”, fazendo uma festa no cabelo dela e aproxima-se para a beijar, mas a ex-pescadora empurra-o e afirma: “Não ganhas juízo!” Ele ri-se e diz que tinha que tentar a sorte. Nazaré sorri e pede: “Não deixes que ninguém saiba que ela está aqui até eu falar contigo.”

Pablo fecha a boca como se esta tivesse um fecho éclair e atira fora uma chave invisível que não tinha nada a ver com o gesto que fez antes. Verónica debate-se para se soltar, sem sucesso.

Pouco depois, Guadalupe (Ana Bustorff) entra e vê um corpo tombado da cadeira, ainda com a fronha de lençol na cabeça. Pablo sai da casa de banho a apertar as calças. Em choque, Guadalupe pergunta ao filho quem é ela, enquanto Verónica se debate e estrebucha. O galego fica aflito e finge que não sabe o que aconteceu. Guadalupe aproxima-se da pessoa amordaçada e o filho tenta travá-la, alertando: “Mamá, não… pode ser alguma tarada.” A mãe ignora-o e destapa a mulher. “A Berónica? Coño! Está tudo louco?”, afirma. Nesse momento, ouvem passos e a voz de Prazeres (Noémia Costa) e ficam sem saber o que fazer.

Texto: Neuza Silva (neuza.silva@impala.pt); Fotos: SIC

PUB