“O chef de serviço”: Marido de Goucha ganha espaço na TVI após polémicas declarações

O marido de Manuel Luís Goucha, Rui Oliveira, chegou a dizer que a TVI tinha uma “falta de uma estrutura valente” e foi banido do canal. Agora, vira-se para os tachos no novo programa das tardes.

05 Jan 2021 | 17:30
-A +A

O marido de Manuel Luís Goucha, Rui Oliveira, vai ser presença regular no novo programa das tardes da TVI. Um dia depois da estreia do formato, o seu apresentador anunciou a novidade aos espectadores ainda antes do arranque da emissão desta terça-feira.

“Não vou ser eu a cozinhar esta tarde! Vamos inaugurar um espaço de culinária, nesta cozinha tão sofisticada, e não imagina quem vai ser o chefe de serviço!”, começou por dizer, na ligação em direto que a TVI fez ao estúdio de “Goucha” minutos antes de o programa começar.

“Vai ser regularmente o chef de serviço neste programa. Alguém que eu conheço muito bem, o homem com quem vivo há 21 anos!”, continuou, confirmando, assim, que será Rui Oliveira a assumir o papel de cozinheiro do vespertino.

Manuel Luís Goucha contou ainda que Rui Oliveira é um dos convidados especiais da segunda emissão do novo programa das tardes da TVI. “Vai sentar-se naquele sofá comigo, olhos nos olhos,  porque há muita coisa que não sei dele, muito menos você!”, findou.

 

Marido de Goucha criticou TVI…

 

Há dois anos, Rui Oliveira saltava para a frente das câmaras no programa especial “No Monte do Manel”, que ocupou as manhãs do canal de Queluz de Baixo enquanto o cenário de “Você na TV!” sofria remodelações para receber Maria Cerqueira Gomes.

O companheiro de duas décadas de Goucha acabaria por alargar a sua participação a este programa, protagonizando várias reportagens no exterior. Contudo, a desorganização que, segundo o próprio, se vivia na TVI levou-o ao limite, acabando por deixar de colaborar com a estação. “Tem falta de uma estrutura valente”, disse mesmo, em declarações à TV 7 Dias, no Portugal Fashion, no Porto.

Em março de 2019, Rui Oliveira chegou mesmo a garantir que não voltaria ao canal enquanto este não tivesse uma orientação diferente. Assumiu, na mesma altura, ver o programa que Cristina Ferreira conduzia na SIC, quase todos os dias, tendo-se mostrado disponível para preparar uma receita ao “bairro vizinho”.

 

… e a TVI fechou-lhe as portas

 

Na altura, à Maria, Helena Forjaz, a então Diretora de Comunicação da Media Capital, grupo no qual se integra a TVI, dava uma resposta ao empresário. “O Rui não tinha uma relação contratual com a TVI. Esteve em antena quando tinha de estar e quando fez sentido. Fez o No Monte do Manel porque ele mora lá. Fazia sentido ele estar lá, a casa é dele. Fez uma participação no ‘Dança com as Estrelas – Especial Fim de Ano’ e umas participações no ‘Você na TV!’ quando foi pertinente”, enumerou Helena Forjaz.

A responsável foi mais longe e revelou que, com as declarações que fez, Rui Oliveira quebrou a confiança que o canal depositava nele, bem como anulou toda a qualquer hipótese de continuar a trabalhar para a TVI. “Se calhar, havia algumas coisas em cima da mesa para ele, mas não faz sentido ter alguém que não se sente bem na TVI”, sublinhou.

 

Texto: Mafalda Mourão e Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

VEJA TAMBÉM:
Goucha recorda morte de senhora do público e assume “sentimento de culpa”

PUB
Top