“O dia em que o perdemos”: Foi há um ano que Rogério Samora foi levado para o hospital

Carlos, primo de Rogério Samora, não esquece o dia em que o ator sofreu duas paragens cardiorrespiratórias nas gravações da novela da SIC, tendo sido levado de urgência para o hospital.

20 Jul 2022 | 21:00
-A +A

Foi há um ano, a 20 de julho de 2021, que Rogério Samora sofreu duas paragens cardiorrespiratórias nas gravações da novela da SIC “Amor Amor”. Naquele dia, o ator foi levado de urgência para o Hospital Amadora-Sintral, onde se manteve internado, sempre com prognóstico reservado, até meados de outubro.

O primo, Carlos Samora, não esquece este dia marcante. “Faz hoje um ano (20/07/2021) que, por volta das 10h, recebi a notícia que ainda me custa a acreditar que seja verdade”, escreveu nas redes sociais esta quarta-feira.

E não se ficou por aqui. “Foi o dia em que ‘perdemos’ o Rogério, deixámos de ter este sorriso contagiante que vai ficar eternamente nos nossos corações”, lê-se na legenda de uma sequência de fotos que publicou no Instagram ao lado do familiar.

Depois desse dia, Rogério Samora nunca mais recuperou. O ator morreu aos 63 anos a 15 de dezembro, cerca de cinco meses depois, devido a uma infeção pulmonar. No fim da segunda temporada da novela, da SIC, o ator foi recordado com um gesto emocionante. Veja tudo aqui.

As cerimónias fúnebres de Rogério Samora decorreram nos passados dias 17 e 18 de dezembro, na Basílica da Estrela, em Lisboa. Muitos foram os amigos e colegas que se dirigiram ao local para uma última homenagem ao ator, que teve direito a aplausos aquando da saída do caixão para o carro funerário.

 

Texto: Joana Dantas Rebelo; Fotos: redes sociais 

PUB