O pormenor que ninguém sabe sobre a zanga

Quase três anos depois da bronca na RTP, Nilton revela o que realmente motivou zanga com Manuela Moura Guedes.

20 Abr 2018 | 16:41
-A +A

 O episódio aconteceu há quase quatro anos, em pleno direto na RTP3. Na altura, Nilton era o moderador do programa de debate «Barca do Inferno» e Manuela Moura Guedes uma das comentadoras.

Numa discussão mais acesa Isabel Moreira, a conversa subiu de tom e Nilton disse: «Manuela! Estamos em direto! Alguma boa educação, tá bem? Então, pronto. Não atacas, portanto vamos com calma». Moura Guedes não gostou da resposta e acabou por abandonar o estúdio em direto.

Recorde o episódio:

À época, Nilton foi sempre politicamente correto e nunca revelou pormenores sobre o episódio. O programa acabaria por ser cancelado pela RTP. Agora, no «5 Para a Meia-Noite» desta quinta-feira, 19 de abril, Nilton revela que nunca chegou a fazer as pazes com Manuela Moura Guedes… e explica porquê. 

Questionado por Inês Lopes Gonçalves sobre se já fumou o cachimbo da paz com a ex-jornalista, Nilton diz que «dificilmente» isso acontecerá. 

«Antes do programa, eu queria ter saído, e a Manuela disse-me: ‘Tens de ser um gajo, tens de gritar quando nós não nos calarmos!’. E foi o que eu fiz».

 

Nilton revelou também que o único processo judicial que teve foi interposto pela câmara municipal de Oeiras, a propósito de uma piada sobre Isaltino Morais. 

Fotos: Arquivo Impala

PUB
Top