“O Preço Certo” no centro de polémica. Produtora quebra silêncio após onda de indignação

“O Preço Certo” está no centro de uma polémica por causa de um jovem que já participou no programa mais do que uma vez. A produtora do concurso da RTP1 esclarece toda a situação.

29 Jan 2022 | 11:18
-A +A

“O Preço Certo” está envolvido em polémica. Tudo porque uma fã do programa, apresentado por Fernando Mendes, mostrou toda a sua indignação ao perceber que um dos concorrentes já lá tinha ido mais do que uma vez e que ela, que já inscreveu diversas vezes, nunca foi selecionada.

O concorrente em causa é Gonçalo Costa, o jovem que ficou conhecido por ter ameaçado atirar um animal pela janela e que participou no reality show “First Dates”, da TVI. “Como é que é possível este rapaz estar outra vez no ‘O Preço Certo’, da RTP1, em tão curto espaço de tempo? Vejo o Fernando Mendes todos os dias e já lá vi este Gonçalo várias vezes a participar e, ao que parece, enquanto não ganhou a montra, não pararam de o chamar. Eu, que já me inscrevi, não me chamam”, escreveu a telespectadora de “O Preço Certo”.

Gonçalo Costa já reagiu a esta polémica através das redes sociais. “Ora pelos vistos continua muita gente indignada por eu ter ganho ‘O Preço Certo’”, começou por escrever. “Quem viu o programa viu que foi sorte. Em momento algum o Fernando Mendes me ajudou. Não preciso de cunhas para ir a programas. Nunca tive. Se tivesse, tinha sido tudo mais fácil”, escreveu ainda.

“Não roubei nada a ninguém, não tirei o lugar a ninguém. Aliás, no dia em que fui gravar, estava lá um senhor que já tinha ido seis vezes. E, nas seis vezes, não ganhou a montra. Parem de ser Zé Povinho invejoso”, acrescentou (ver imagens na nossa galeria).

 

Produtora de “O Preço Certo” reage

 

Contactada pela NOVA GENTE, a Fremantle, a produtora de “O Preço Certo” apressou-se a esclarecer a polémica, revelando as regras do concurso da RTP1. “As regras dizem o seguinte: ‘os candidatos contactados são convidados a assistir à gravação do programa, mas a inscrição apenas será válida caso seja feita em grupo (mínimo 10 pessoas e máximo de 20 pessoas), sendo todos os membros do mesmo potenciais concorrentes, exceto os que já tenham ganho a montra. Os concorrentes que tenham ficado no púlpito e/ou ganho prémios têm a oportunidade de voltarem a jogar após um um ano”, explicou fonte oficial da Fremantle.

Gonçalo Costa participou em “O Preço Certo” três vezes. A primeira foi em 2016 e ganhou um tablet e uma televisão LCD. A segunda vez foi em setembro de 2020 e esteve apenas no púlpito, sem ter conquistado nenhum prémio. A terceira vez que participou foi em novembro de 2021 e ganhou a Montra.

 

Veja o vídeo desse momento:

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por GONÇALO COSTA (@gongascosta)

 

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociai

PUB