Parabéns, Cristina! O que ofereceriam rostos da TVI (inclusive Goucha) à nova patroa?

No dia do 43.º aniversário de Cristina Ferreira, desafiámos figuras ligadas à TVI a responderem o que ofereceriam à apresentadora. Há até quem lhe queira dar o papel de Presidente da República.

09 Set 2020 | 9:50
-A +A

São 43 anos de muitos sucessos. A menina que cresceu na Malveira é hoje, indiscutivelmente, a personalidade mais impactante da televisão portuguesa e, esta quarta-feira, tem ainda mais um motivo para celebrar: o seu aniversário. No dia em que Cristina Ferreira sopra as velas, a TV 7 Dias lançou um desafio a alguns rostos da TVI, canal do qual a apresentadora assume agora a Direção de Entretenimento e Ficção, depois de quase dois anos na SIC. «O que ofereceriam a Cristina Ferreira no dia dos 43 anos?», perguntámos.

Manuel Luís Goucha respondeu. O homem com quem Cristina Ferreira formou a dupla de maior sucesso no nosso pequeno ecrã, durante 14 longos e sobretudo triunfantes anos, é enigmático na resposta. «O presente que eu lhe daria é aquele que lhe vou dar. Encomendei-o para o aniversário do ano passado mas levou tempo a chegar. Chegou em janeiro passado e eu sempre ansioso por lho dar. Aguentei até agora. Quando o vi senti que só poderia ser dela. Tem a ver com a sua vida», revela, à TV 7 Dias, deixando no ar o que se trata.

A jornalista Conceição Queiroz é menos misteriosa e, numa mensagem dirigida à aniversariante, responde ao nosso repto da seguinte forma: «Ofereço-te a última imagem de Nossa Senhora que eu mesma trouxe de Fátima. A razão é simples. Somos movidas por uma fé inabalável e este 2020 é um verdadeiro desafio. Saúde, alegrias e o mundo para ti. Parabéns, Cris!»

Marcos Pinto, outro rosto conhecido da Informação da TVI, também fala diretamente para Cristina Ferreira e dar-lhe-ia como prenda algo surpreendente. «Cristina! Muitos parabéns, mulher extraordinária! És uma inspiração! Hoje, no teu dia, também podemos desejar mais para a nossa TVI – mais um programa que é a tua cara -, ajudar as pessoas a ter uma vida melhor e a gerir as suas emoções para terem uma vida plena! O meu presente é estar contigo nesse caminho e ser o teu apresentador! Conta comigo! Um beijo e um abraço. Parabéns, querida Cristina», afirma o jornalista.

Sofia Ribeiro é megalómana com a sua sugestão. «Dar-lhe-ia um helicóptero. Acho que lhe daria muito jeito. Com tanto trabalho que ela tem para fazer, de Norte a Sul deste país, com uma agenda tão preenchida… Tenho a certeza de que lhe iria dar muito jeito. Portanto, um helicóptero. Porque sim, porque a Cristina pode», ri-se a atriz.

Por último, mas não menos importante, o tentador presente que Liliana Aguiar ofereceria à nova patroa da estação de Queluz de Baixo. «O meu presente seria ela ser a nossa Presidente da República, governar o nosso país. Acho que tem um bom coração. Acredito que não iria desiludir os portugueses», diz-nos a empresária, que ainda recentemente assumiu o papel de comentadora de Big Brother 2020. Um programa que bem conhece, ou não tivesse sido ela concorrente da terceira edição do reality show, de cujos Extras a aniversariante do dia viria a ser apresentadora.

 

«Representar todos os portugueses? Acho que um dia o poderia fazer»

 

A oferta que Liliana Aguiar faria a Cristina Ferreira é o pretexto ideal para fazer uma reflexão sobre o futuro daquela que é, há muito, muito mais do que uma apresentadora. Rosto de uma marca de calçado, a mulher que lançou dois perfumes de enorme sucesso, diretora de uma publicação, dona de uma loja de roupa, possível nova acionista da TVI, mãe de Tiago… São muitos os papéis que assume no seu dia a dia. E o futuro? Poderá passar pelo Palácio de Belém? «Se um dia me perguntasse ‘Chegarias a primeira-ministra?’, eu responderia imediatamente que não tenho qualquer tipo de capacidade para que isso possa acontecer. Agora, representar todos os portugueses? Acho que um dia o poderia fazer, que me iria preparar e que não iria falhar», admitiu, em janeiro passado, em entrevista à revista Visão.

Quem segue Cristina já percebeu que, para ela, não há impossíveis. Responsável pela transferência televisiva mais cara de sempre na caixinha mágica portuguesa, depois de, há dois anos, já ter abalado o panorama televisivo ao trocar a TVI pela SIC, a malveirense mantém-se, pelo menos para já, no pequeno ecrã. Até estrear Dia de Cristina, os seus dias serão passados atrás das câmaras. Tal como acontecerá com o de hoje.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top