O tempo voa: Irmãos gémeos de Maddie McCann já têm 18 anos

O tempo passou e os irmãos gémeos de de Maddie McCann, que desapareceu no Algarve em maio de 2007, já têm18 anos. Os pais da menina desaparecida não esquecem a filha mais velha.

05 Fev 2023 | 9:10
-A +A

Sean e Amelie, irmãos de Maddie, celebraram o 18 anos na passada quinta-feira, dia 2 de fevereiro. Maddie McCann tinham apenas três anos quando a menina inglesa desapareceu na Praia da Luz, no Algarve, em maio de 2007. Dezasseis anos depois do misterioso desaparecimento, que ainda hoje está por resolver, os irmãos atingem a idade adulta. Por sua vez, Maddie McCann teria hoje 19 anos.

Maddie McCann desapareceu do quarto da casa de férias enquanto os pais, Gerry e Kate, jantavam com amigos num restaurante situado a 55 metros do apartamento. A mãe conta que foi pelas 22 horas que deu conta do desaparecimento da filha enquanto os gémeos continuavam a dormir nos berços. Maddie, que celebraria os 20 anos em maio deste ano, está desaparecida desde então, existindo diversas teorias para o sucedido.

As autoridades acreditam que Maddie McCann está morta. E centram atenções em Christian Brueckner, pedófilo condenado, de 45 anos. Que está detido na Alemanha. As autoridades germânicas olham para o homem, que estava no Algarve na época do desaparecimento de Maddie, como o principal suspeito. Ainda assim, Brueckner desmente o envolvimento no desaparecimento da menina inglesa.

Escola dos irmãos teve sempre uma vaga guardada para Maddie

Apesar de a família McCann ter estado muitos anos debaixo dos holofotes dos órgãos de comunicação social de todo o mundo, Sean e Amelie sempre foram protegidos. Conta o The Sun que os irmãos estão no último ano de ensino numa escola católica situada em Loughborough, que sempre teve uma vaga reservada para Maddie, caso a menina fosse encontrada com vida. Conta a publicação que os irmãos são amantes de desporto. E que participam em provas de natação, corridas de cross country e também triatlos.

“Madeleine sempre será nossa filha”

Numa publicação recente nas redes sociais, Gerry e Kate reafirmaram que nunca vão esquecer Maddie. Nem desistir de encontrar a filha. “Muitas pessoas falam sobre a necessidade de ‘encerramento’. Sempre pareceu um termo estranho. Independentemente do resultado, Madeleine sempre será nossa filha e um crime verdadeiramente horrível foi cometido. Essas coisas permanecerão”, partilharam os pais numa página de Facebook.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: DR e Arquivo Impala
PUB