O ÚLTIMO ADEUS de Yannick Djaló à irmã depois de morte trágica

Yannick Djaló homenageia a irmã, num texto emotivo. Açucena Patrícia morreu na madrugada deste sábado, dia 15 de setembro, depois de ter sido brutalmente atropelada.

16 Set 2018 | 11:27
-A +A

Yannick Djaló está de luto. O craque perdeu a irmã mais nova, que foi atropelada na madrugada deste sábado, nas festas da Moita, em Setúbal.

No momento da tragédia, o jogador estava na Tailândia, onde joga no Ratchaburi Mitr Phol Football Club, da primeira divisão do país.

Veja também: Irmã de Yannick Djaló MORRE ATROPELADA

Sabe-se agora que a chegada do ex companheiro de Luciana Abreu a Portugal está para breve.

Entretanto, o pai de Lyonce e de Lyannii já reagiu, no Instagram, à morte da irmã, de 17 anos, deixando uma emocionante mensagem à jovem.

«Nunca me passou pela cabeça que isso fosse acontecer… era suposto essa mensagem vir de ti, estar no teu Instagram e não no meu. Era suposto seres tu a sentir essa dor e não eu… era suposto que essas lágrimas fossem tuas e não minhas… nunca quis que sofresses, mas preferia que sentisses o que estou a sentir e trocássemos de lugar, minha Açu…palavra nenhuma consegue descrever a dor que sinto e quão pesado está o meu coração… minha Açu… minha menina! Ainda não consigo acreditar… vou entrar por aquela porta e não me vais saltar para os braços… ainda não consigo acreditar…Tenho de te ver… tenho de olhar para ti, para o teu rosto… tenho de sentir de verdade que realmente não estás mais aqui!», assim legendou uma montagem com várias fotografias da adolescente. 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Nunca passou-me pela cabeça que isso fosse acontecer… era suposto essa mensagem vir de ti, e estar no teu Instagram e não no meu, era suposto tu sentires essa dor e não eu, era suposto que essas lágrimas fossem tuas e não minhas… nunca quis que sofresses, mas preferia que sentisses o que estou a sentir e trocássemos de lugar, minha Açu…palavra nenhuma consegue descrever a dor que sinto e quão pesado está o meu coração … minha Açu… minha menina! Ainda não consigo acreditar… vou entrar por aquela porta e me vais saltar para os braços… ainda não consigo acreditar…Tenho de te ver… tenho de olhar p ti, p teu rosto… tenho de sentir de verdade que realmente não estás mais aqui! ????????????

Uma publicação partilhada por Yannick Dos Santos Djaló (@yannickdjalo_official) a

Atropelamento foi intencional

Detido pela GNR ainda dentro da viatura, o jovem de 21 anos que estava ao volante, aguarda agora julgamento em prisão preventiva depois de ter sido ouvido este domingo no Tribunal do Barreiro.

Veja também: Dia da Criança: Yannick Djaló chora ausência das filhas

O condutor, acusado de 12 crimes entre eles de homicídio qualificado na forma tentada, terá atropelado o grupo, do qual fazia parte Açucena, de forma intencional, avança o Jornal de Notícias. O atropelamento terá decorrido de uma rixa entre grupos rivais. O condutor terá decidido ir contra as vítimas conscientemente e por vingança.

Fotografias: Arquivo Impala e Redes Sociais

PUB
Top