“O Vitó está ansioso”: Sónia Jesus acredita na libertação do marido

O julgamento do marido da ex-Big Brother está para breve e ela acredita que será feita justiça e que este será libertado. Entretanto, visita-o duas vezes por semana.

05 Mar 2023 | 18:50
-A +A

Sónia Jesus viu o seu marido detido desde junho do ano passado e acusado de tráfico de droga. Vitó pode ver a sua sentença lida brevemente. Quem o diz é a própria. À saída da passadeira vermelha, que ela e os restantes concorrentes dos reality shows da TVI não foram autorizados a pisar, a ex-BB2020 explica que o julgamento do Vitó pode estar para breve. “O Vitó está ansioso para que chegue o julgamento. Ainda não sei quando será o julgamento, ainda não há uma previsão, talvez final de março, final de abril. Até lá é esperar para que fique tudo rapidamente resolvido”, diz. Orgulhosa de estar na festa da TVI e intitulando-se “uma das concorrentes mais marcantes do BB2020”, a nortenha espera ter o marido brevemente em casa. “Eu acredito e tenho fé que ele vai vir para junto de nós mas nunca se sabe, não sou eu que posso ditar isso, não é”, questiona.

Sobre a festa da TVI não podia estar mais satisfeita de estar presente e Vitó, não só a incentivou a ir como lhe fez um pedido. “Fiquei muito contente de ter sido convidada, apesar de que eu já estava à espera. O Vitó deu-me muita força, disse ‘amor vai, arrasa, depois tira uma fotografia e traz que eu quero ver-te linda e maravilhosa’, partilha Sónia que está sempre à espera do dia para ir ver o marido à cadeia. “Posso visitar duas vezes por semana e vou sempre. Estou sempre ansiosa que chegue o dia da visita. É sempre sábado e domingo”, diz-nos.

Oito meses depois de ter visto o companheiro e pai dos seus três filhos menores, ser detido, a nortenha voltou a sair e vir aos 30 anos da TVI foi um um bálsamo. “É bom estar nesta festa, sinto-me acolhida, as pessoas super queridas a encherem-me de carinho. Estou a gostar”, frisa não se queixando da falta de apoio que tem tido. “Desde que isto aconteceu eu senti-me ainda mais acarinhada, não só pelos meus colegas, mas também pelas pessoas em si” conclui.

Veja também: “Eu própria é que quero entrar no processo”: Sónia Jesus quer testemunhar em tribunal

Texto: Luís Correia (luis.correia@impala.pt); Foto: Arquivo Impala

PUB