Pai de Cláudio Ramos morreu sem o aceitar: “Nunca Gostou. Achava que eu era doente”

Cláudio Ramos fez mais uma confissão inédita no “Dois às 10”, programa que apresenta com Maria Botelho Moniz. De acordo com o apresentador, o pai considerava-o doente por ser homossexual.

18 Fev 2023 | 19:50
-A +A

Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz receberam Gabriel, um rapaz transgénero, no programa das manhãs da TVI, “Dois às 10”. Na sequência desta conversa, o apresentador confidenciou que o pai nunca aceitou a sua sexualidade, tendo até considerado que Cláudio deveria ser doente.

Em conversa com a família de Gabriel, e com a parceira Maria Botelho Moniz, o apresentador confessou que gostava de ter tido um pai que o apoiasse:  “O meu pai morreu sem aceitar a minha orientação sexual, nunca aceitou, nunca gostou, achava que eu era doente. A minha mãe não!” O rosto da TVI acrescentou ainda: “Ter um pai assim deve ser um alívio”, visto que os familiares de Gabriel sempre aceitaram sem questionar a mudança de género.

Nas redes sociais, Cláudio Ramos deixou um agradecimento aos entrevistados, como pode ver aqui:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Claudio Ramos (@claudio_ramos)

 

“Se fosse gay…”: Cláudio Ramos atira-se descaradamente a Diogo Marques em direto

 

Diogo Marques e Mafalda Diamond estiveram no passado dia 31 de janeiro, no programa “Dois às 10“, da TVI. Os ex-concorrentes da mais recente edição do “Big Brother” falaram sobre a forte relação de amizade que os une e sobre projetos futuros que têm em mãos.

Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz estavam à mesa com os dois quando o apresentador fez uma confissão a Diogo. “Você é muito bonito ao vivo! Se fosse homossexual… Se jogasse no meu clube, se fosse gay, ia convidá-lo para ir a Madrid”, disse-lhe.

Leia a notícia completa aqui.

Texto: Maria Constança Castanheira; Fotos: Redes Sociais
PUB