Pai de Cristiano Ronaldo morreu há 16 anos: “Saudades é só o que nos separa”

O pai de Cristiano Ronaldo, José Diniz Aveiro, morreu há 16 anos e as filhas, Elma e Katia Aveiro, recordaram-no com emoção nas redes sociais. “Estás e sentimos que estarás sempre presente”, dizem.

07 Set 2021 | 17:22
-A +A

O pai de Cristiano RonaldoJosé Diniz Aveiro, morreu há 16 anos. A efeméride foi assinalada, esta segunda-feira, pelas duas filhas, Elma e Katia Aveiro, com emotivas mensagens partilhadas nas redes sociais.

A primeira foi mais sucinta. Ao mostrar uma fotografia do progenitor a olhar para um televisor, Elma Aveiro escreveu como legenda: “Pai querido, estás e sentimos que estarás sempre presente. Saudades é só o que nos separa”

 

Cristiano Ronaldo não assinalou data publicamente

 

Katia Aveiro também partilhou com os seguidores uma fotografia de José Diniz Aveiro. “Dezasseis anos depois do teu adeus, ainda estás tão presente”, começou por dizer a empresária, dirigindo-se ao pai. “Não existe um dia em que não sejas lembrado. O nosso vaidoso, elegante, confiante, inteligente, seguro, com um coração gigante, bonito e que amava os filhos mais do que tudo na vida. Eras tu, pai. Não há um dia em que não me lembre de ti. Temos saudades”, acrescentou.

O pai de Cristiano Ronaldo – o futebolista não assinalou a data de forma pública – morreu no dia 6 de setembro de 2005. Tinha 52 anos.

Percorra a galeria e veja as imagens partilhadas por Elma e Katia Aveiro.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: reprodução redes sociais

PUB