Pai de Luciana Abreu AFIRMA: «não merece ser chamada de filha»

Pai de Luciana Abreu respondeu, em exclusivo à TV 7 Dias, às declarações da filha no Programa da Cristina e acusa-a de mentir.

27 Fev 2019 | 14:20
-A +A

O machado de guerra entre Luciana Abreu e o pai, Luís Costa Real, voltou a desenterrar-se. Desta vez, depois de a atriz lhe ter feito novas acusações em direto do programa de Cristina Ferreira, entre as quais violência e abusos.

Depois de ter proferido as mesmas, o progenitor, que até aqui se tinha remetido ao silêncio, decidiu falar em exclusivo à nossa revista e não poupa Luciana. «Não merece ser chamada de filha», diz-nos enquanto explica tudo o que passou com ela e com a ex-companheira.

 

Espreite também: Exclusivo: Incêndio destrói casa de Luciana Abreu e do marido

 

Mas as acusações vão mais longe e metem pornografia, pedofilia e ainda traição. Paula, a atual companheira de Luís Costa Real, também diz de sua justiça e faz uma revelação bombástica. «A Liliana [N.R. irmã mais velha de Luciana Abreu] contou-me também que apanhou a mãe a ter relações sexuais na mesa da cozinha com o Arnaldo Cardinali [n.r.: ex-amante de Ludovina]. Eles ameaçaram-na que a iam meter na banheira com água a ferver. Ela fugiu, mas foi contra a porta do prédio e ficou cheia de cortes no braço. Os vizinhos é que a levaram ao hospital», contou

Leia a grande entrevista completa na edição que já está nas bancas

Texto: Susana Meireles; Fotos; Impala

PUB