Pai de Matilde Breyner surpreende filha: tira curso para ser o DJ do casamento da atriz

Matilde Breyner e Tiago Felizardo vão dar o nó até setembro e o progenitor da atriz decidiu fazer uma surpresa: tirou um curso de DJ.

23 Jun 2019 | 21:20
-A +A

Está para breve o casamento entre Matilde Breyner e Tiago Felizardo, que ficaram noivos em setembro do ano passado. Os pormenores da cerimónia estão praticamente tratados e a grande surpresa da festa vai ser o DJ.

Em declarações à imprensa, após mais uma das galas do programa A Tua Cara Não Me É Estranha, da TVI, a atriz levantou um pouco do véu do que vai acontecer. «O casamento é no fim de verão. Tenho tudo fechado, já tenho DJ, como sabem. Sou a noiva mais relaxada do mundo. A minha irmã fez o meu vestido em dois dias, praticamente», contou, deixando escapar que a festa terá lugar antes do final de setembro, altura irão decidir o que fazer da vida.

«Tenho uma profissão muito instável. Em setembro vamos ver onde é que estou. Se estiver cá a trabalhar, ficamos cá. Se não estiver cá a trabalhar, vou trabalhar com ele», diz.

A boda vai contar com poucos convidados, a maioria família, mas também com alguns famosos, que Matilde faz questão de ter presentes, como é o caso da sua grande amiga, a atriz Ana Sofia Martins. No entanto, a grande surpresa vai ser a pessoa responsável pela animação da festa: o seu pai.

Aliás, é a Pedro de Mello Breyner, de 60 anos, que Matilde atribui a responsabilidade por toda a sua loucura que tem transportado para o palco do talent show da TVI, uma insanidade saudável bastante visível, por exemplo, durante a sua imitação de Mick Jagger, dos The Rolling Stones.

«Ele é meio artista como eu. É mais maluco do que eu. O meu pai fez o Dakar este ano, que era um sonho da vida dele, acabou o Dakar e agora está a tirar um curso de DJ para pôr música no meu casamento», disse a rir-se, ao mesmo tempo que escondia alguma vergonha por aquilo que estava a dizer.

Esta aventura do pai foi uma iniciativa do mesmo, que quis oferecer esta prenda à filha: «Eu não lhe peço nada. Eu chego a casa e está ele com a mesa de mistura a meter os The Rolling Stones. Já ensaiei com a mesa de mistura e as colunas», acrescenta.

Ainda a respeito do enlace, Matilde recordou o que sentiu quando foi pedida em casamento pelo seu atual noivo: «O pedido foi em setembro do ano passado e foi uma coisa simples. O Tiago tinha aquela surpresa do livro que foi oficial. Mesmo que ele tivesse acordado e tivesse atirado o livro assim para o lado já tinha sido uma coisa especial. Estávamos os dois de férias aqui em Portugal, num sítio super-romântico e ele saca do livro, ajoelha-se e eu começo a chorar».

Quanto ao anel de noivado, esse não o leva consigo para os estúdios da Plural, de onde é transmitido o programa, «para não o perder».

 

Projeto desejado

 

Depois da participação na série Verão M, da RTP1, e na telenovela A Herdeira, da TVI, Matilde Breyner tem estado afastada dos projetos televisivos. À estação de Queluz de Baixo pediu um projeto onde pudesse divertir-se. «Não fazia ideia que era isto. Achei que me iam dar uma personagem numa telenovela mais divertida.»

Na altura em que recebeu o telefonema com o convite, a atriz estava acompanhada pelo colega Ricardo Pereira, a quem pediu conselhos: «Ele disse: Olha, só te vou dizer uma coisa. Conheço-te há anos, estou farto de te ver a fazer isto em casa. Vai fazer isto para a televisão se faz favor’. E eu aceitei», revelou, até porque Matilde garante que aquilo que tem mostrado no palco de A Tua Cara Não Me É Estranha, é exatamente aquilo que é no dia-a-dia.

Quem não tem perdido uma atuação é o noivo, Tiago Felizardo, que se divide entre Portugal e os Estados Unidos, onde trabalha. Nas alturas em que não se encontra em solo nacional, o ator recorre à Internet para acompanhar a nova aventura da noiva: «O Tiago vê isto em direto através de Portugal. Ele estava numas filmagens e esteve a ver ao vivo. Ele pára o que estiver a fazer para me ver. Ele adora», garante a atriz, visivelmente «babada».

 

Textos: Carla Ventura | Fotografias: Paula Alveno e reprodução redes sociais

 

(artigo originalmente publicado na edição nº 1683 da TV 7 Dias)

PUB
Top