Pai de Zé do Pipo só acredita no suicídio do filho: «Não há réstias de esperança de vida»

«Não há réstias de esperança de vida», assume Carlos Batista, o pai do cantor que se apresentava em público como Zé do Pipo.

30 Out 2019 | 17:50
-A +A

Foi a 5 de novembro de 2018 que desapareceu Nuno Batista, o conhecido cantor de música popular portuguesa Zé do Pipo. O artista, de 40 anos, saiu de casa para ir à farmácia e ao banco e não regressou mais, tendo o seu carro sido encontrado na praia do Portinho da Areia Sul, em Peniche, no dia seguinte, com o telemóvel, o casaco e a carteira no interior.

Desde então, continua a desconhecer-se o paradeiro do artista, embora, para a família, a hipótese de suicídio seja a única possível. «Não há réstias de esperança de vida», diz à Nova Gente Carlos Batista, o pai do cantor, numa entrevista exclusiva à porta de sua casa, em Peniche.

Nuno Batista era casado e tinha dois filhos menores, hoje com quatro e quase 18 anos, que são a alegria que resta a esta família. Assista ao vídeo aqui.

 

Substituto estreia-se com homenagem

 

Manel do Barril foi um dos convidados da emissão de 23 de março do programa de Olhó Baião, da SIC. Esta foi a primeira aparição em televisão desde que substitui Nuno Batista na pele de Zé do Pipo. Em estúdio, esteve também João Carlos Costa, animador de rádio e apresentador de espetáculos, que conhecia o artista desaparecido.

Triste com o desaparecimento do amigo, garantiu que a continuidade do projeto, embora com outro nome, é uma maneira de perpetuar a memória de Nuno Batista. «Fala do desaparecimento de um amigo é falar de uma coisa triste. Ele era uma pessoa que nos dava energia e fazia que nos sentíssemos bem. Foi uma notícia que nos deixou a todos sem chão», referiu.

«É, na minha opinião, a melhor maneira de honrar o Zé do Pipo […]. Nada se cria, tudo se transforma. Eu acho que o Nuno, quando já estava doente, mesmo antes de acontecer esta tragédia, estava a dar continuidade a este projeto», explicou ainda.

 

Leia tudo aqui.

 

VEJA TAMBÉM:
«Homicídio, rapto ou sequestro»! Caso Zé do Pipo continua em aberto
Mulher de Zé do Pipo lucra com músicas com o substituto do marido
Bailarina nega fuga com Zé do Pipo

 

Texto: Marisa Simões e Redação WIN – Conteúdos Digitais | Fotografias: Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top