Papa Francisco falha compromisso religioso após sintomas idênticos aos do coronavirus

O Vaticano emitiu um comunicado em que afirma que a ausência do Papa Francisco, de 83 anos, num evento público se deveu a uma «ligeira indisposição».

27 Fev 2020 | 17:30
-A +A

O Papa Francisco tinha na manhã desta quinta-feira, 23 de fevereiro, uma missa na Basílica de São João de Latrão, em Roma, à qual não pôde comparecer. A razão, anunciou o Vaticano, foi motivada por uma «ligeira indisposição».

«Devido a uma ligeira indisposição, preferiu ficar perto da residência de Santa Marta, onde vive no Vaticano», lê-se no comunicado emitido e assinado por Matteo Bruni.

Apesar de a mesma nota garantir que «todos os outros compromissos se realizarão normalmente», o alerta ficou dado, até porque Francisco, de 83 anos, apresentou sintomas idênticos aos de quem foi infetado com o coronavírus: na manhã desta quarta-feira, tossiu e assoou-se numa cerimónia religiosa pública na Praça de São Pedro. Já durante a tarde, participou numa procissão na Basílica de Santa Sabina, na capital italiana.

Recorde-se que, de acordo com o biógrafo Austen Ivereigh, Francisco não tem parte de um pulmão, retirado por causa de uma tuberculose, quando tinha cerca de 20 anos e ainda morava em Buenos Aires, na Argentina.

Recorde-se que Itália é um dos países mais afetados fora da China, com 528 casos confirmados e 14 mortes.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Reuters
Leia ainda:
Quais os sintomas e como se proteger? Tudo o que precisa de saber sobre o coronavírus
Português com coronavírus já foi medicado e vai ser transferido para hospital

PUB
Top