“Parecia que estava atrás de mim”: Cifrão sente presença de Angélico durante ensaio

Cifrão faz relato arrepiante de como sentiu a presença do falecido amigo e colega da banda, Angélico Vieira. “Começo a ouvi-lo cantar nos meus ouvidos e o mundo caiu”, diz o artista.

07 Abr 2023 | 13:50
-A +A

Cifrão, Vítor Fonseca, garante que “sentiu” Angélico Vieira durante os ensaios dos D’ZRT, que se preparam para começarem a tour com concerto já no próximo dia 29 de abril. O músico conta que sentiu Angélico Vieira, que morreu a 28 de junho de 2011 na sequência de um trágico acidente de viação, presente num dos ensaios.

Íamos ensaiar uma música que terá a voz do Angélico. E eu pus os meus ‘In-Ears’ e avancei a olhar para a estrutura, que depois vai ser o público. De repente, começo a ouvi-lo cantar nos meus ouvidos e o mundo caiu”, partilhou o músico, em entrevista à ‘TV Guia‘. “Parecia que o Angélico estava atrás de mim ou ao lado… Só não estava no meu campo de visão. Acho que vou sentir isto também nos concertos e vai ser forte“, contou, emocionado.

Cifrão diz que as atuações serão homenagens ao amigo. “Vamos recordá-lo de uma forma bonita!“.

“Percebemos que era o momento certo”

Cifrão contou ainda que a aprovação da mãe de Angélico foi determinante para avançarem com esta nova reunião da mítica banda, que surgiu em 2004 com a série ‘Morangos com Açúcar’.  “Assim que tomámos a decisão e ligámos à Mena [Filomena Vieira], e ela disse estar confortável com os concertos, percebemos que era o momento certo”, partilhou o artista, confirmando que a mãe de Angélico estará presente no primeiro espetáculo.

Veja também: D’ZRT relembram Angélico Vieira em momento especial das suas vidas: “Falta alguém”

Texto: Vânia Nunes; Fotos: Redes Sociais

 

PUB