Passado de sofrimento: Pedro Soá sente que “morreu” quando reconheceu o corpo do pai

Pedro Soá, ex-concorrente do “Big Brother”, tinha 18 anos quando teve de ir a Espanha reconhecer o corpo do pai, vítima de um acidente de viação. “Foi muito duro para mim”, recordou o empresário.

01 Jun 2021 | 22:30
-A +A

Pedro Soá esteve à conversa com Manuel Luís Goucha na tarde desta segunda-feira, 31 de maio, e recordou o momento doloroso pelo qual passou quando o pai morreu num acidente de automóvel, em Espanha. Na altura, o ex-concorrente do “Big Brother 2020” tinha 18 anos e via no progenitor o seu melhor amigo.

“Foi um acidente de viação causado por terceiros”, começou por dizer, adiantando que “foi duro”. “Um acidente é um choque…”.

Pedro Soá referiu que a mãe – ocupante da mesma viatura – teve de ser hospitalizada e ele viu-se forçado a ir a Espanha reconhecer o corpo do pai. “Para um jovem de 18 anos, entrar numa morgue e ver o seu ídolo, o seu pai, o seu amigo, é duro. O Pedro Soá que foi até lá morreu ali, a partir daquele momento”, disse o empresário, admitindo que este episódio o marcou e o fez mudar alguns traços de personalidade. “O outro [Pedro] era mais emotivo, mais aberto e foi muito duro para mim”.

 

Pedro Soá gostaria de participar num reality show brasileiro

 

Em conversa com Manuel Luís Goucha, Pedro Soá confessou ainda que arriscaria participar num reality show além-fronteiras. “Gostaria do desafio de fazer um programa no Brasil, onde os reality shows são vividos de uma maneira diferente”, disse, enquanto, se fosse convidado para um formato idêntico em Portugal, “teria de perceber qual era o projeto”.

 

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top