Passado duro: Concorrente de “Hell’s Kitchen” sofreu com bullying e machismo na cozinha

O ambiente tóxico e competitivo que se vive nas cozinhas profissionais ditou a saída de Francisca Dias, concorrente do programa da SIC “Hell’s Kitchen”, de um restaurante com estrela Michelin.

19 Mar 2021 | 15:30
-A +A

“Não vou permitir que me pisem. Se me tentarem pisar, eu piso por cima.” Foi assim que Francisca Dias se apresentou na estreia do programa da SIC “Hell’s Kitchen”.

Quem a conhece sabe que é verdade e garante que a concorrente de Mação não se vai deixar intimidar pelo chef Ljubomir Stanisic. “Ela sabe muito bem lidar com essa pressão, o chef Ljubomir não a assusta, de todo. Quando ela está a trabalhar é muito focada, direta e, devido à experiência dela, já tem muita capacidade para lidar com situações que são menos agradáveis. Está no seu habitat”, diz Leonor Godinho, amiga da jovem e também ela concorrente do “Masterchef Portugal”, transmitido pela TVI em 2014.

Trabalharam juntas no restaurante Feitoria, do estrelado chef João Rodrigues, mas Leonor Godinho sublinha que o mau ambiente vivido não estava relacionado com o chef.

Saiba o que se passou no restaurante que fez Francisca Dias sair do projeto e abraçar um novo desafio, que infelizmente chegou ao fim por causa da pandemia.

 

Leia tudo sobre esta concorrente de “Hell’s Kitchen” na edição desta semana da sua TV 7 Dias. Já nas bancas!

 

TV 7 Dias

 

Texto: Maria Inês Gomes (ines.gomes@impala.pt); Fotos: Divulgação SIC e Reprodução Facebook

PUB