Paulo Battista e a mulher recordam morte da filha: “Estive com ela ao colo”

O alfaiate Paulo Battista esteve no programa de Júlia Pinheiro e falou sobre um dos momentos mais duros da sua vida: a morte de uma filha, à nascença.

01 Abr 2022 | 13:50
-A +A

O conhecido alfaiate Paulo Battista esteve no programa de Júlia Pinheiro, na SIC, na tarde desta quinta-feira, 31 de março, com a mulher, e recordou o momento mais duro da sua vida, quando perderam uma filha à nascença. A menina chamava-se Leonor.

Paulo Battista e a mulher já eram pais de Rafael, o primeiro filho, quando o drama aconteceu, já numa fase avançada da gravidez. “Perdemos a Leonor, foi muito duro principalmente para a Susana que foi uma guerreira. Não foi nada fácil”, lamentou o alfaiate. A mulher, Susana, explicou a Júlia Pinheiro o que aconteceu. “Foi uma gravidez complicada, teve uns problemas iniciais que depois se descobriu que não eram nada. No fim, descobriu-se que a menina estava com uma embolia pulmonar. A opção dos médicos foi esperar um fim-de-semana. Quando chegou a segunda-feira para fazer a cesariana, a embolia já tinha destruído os órgãos”.

“Sente que foi negligência médica?”, perguntou a apresentadora. Susana respondeu: “Eu acho que não, não os quero acusar. Posso pensar que, se tivessem feito a cesariana logo quando foi descoberto, poderia-se ter salvo a menina. Mas para eles também era uma novidade, não são coisas que acontecem. Se calhar, procederam da maneira que acharam que era melhor proceder. Quero acreditar que seja assim”, disse, muito emocionada.

Paulo Battista sobre a morte da filha: “Já estava um bebé feito”

Também visivelmente emocionado, Paulo Battista acrescentou: “Foi duro, foi uma fase complicada, principalmente para a Susana. O parto foi horrível. Foi muito duro para ela, porque teve de ter um parto exatamente igual a todos os outros”. Quando o parto aconteceu já se sabia que a bebé estava sem vida. “Já estava um bebé feito”, explicou o alfaiate. “Ela nasceu com 2,880 quilos”, acrescentou Susana. “Viram-na?”, perguntou, ainda, a apresentadora da SIC. “Eu estive com ela ao colo. Tinha de ser assim”, recordou a mulher do alfaiate.

Após esta perda, os dois enfrentaram uma fase difícil enquanto casal e chegaram a não querer ter mais filhos. Hoje, são pais de três. “Houve uma fase em que a Susana falava sozinha e eu também.” O casal saiu mais fortalecido e atualmente vivem muito apaixonados.

Texto: Ricardina Batista; Fotos: Impala

PUB