Pedro Lima tinha acabado de renovar contrato com a TVI até junho de 2021

Pedro Lima mantinha o vínculo contratual com a TVI até junho de 2021, contrariando as notícias que dão conta de que o ator estaria com receio da não renovação com o canal de Queluz de Baixo.

21 Jun 2020 | 12:56
-A +A

Pedro Lima foi encontrado sem vida este sábado, 20 de junho, na praia do Abano, em Cascais, sendo as razões para tal desfecho ainda desconhecidas. A alegada depressão de que fez referência em 2018, numa entrevista à revista TV Guia, e o receio de que o contrato com a TVI não fosse renovado, como avança o Correio da Manhã, são apontadas como as principais causas. Contudo, a realidade parece não ser bem essa.

Contactada pela TV7 Dias, Helena Forjaz, Diretora de Marketing e Comunicação da TVI, revelou que «o Pedro acabou de renovar em junho, tendo contrato até junho do próximo ano. Renovou automaticamente por o período de um ano, por isso esse assunto só voltaria a ser falado daqui a um ano», contrariando assim as notícias que dão conta de que o ator da TVI estaria com receio da não renovação.

No entanto, é verdade que Pedro Lima sofreu um corte no ordenado, resultado da situação da pandemia da covid-19, à semelhanlça de «todos os atores exclusivos, sem exceção».

Helena revelou ainda que o ator da TVI tinha sido convidado por esta para ser «júri dos Emmys» (prémios internacionais de televisao que contam com um painel de jurados português), «tinha uma peça de teatro em breve com a Fernanda Serrano» e «tinha montes de projetos» em mão, inclusive «estava no ar com uma novela», Amar Demais, da TVI, cujas gravações retomaram recentemente.

«Em choque» é como a Diretora de Marketing e Comunicação da TVI caracteriza a forma como o canal de Queluz de Baixo recebeu a trágica notícia. «Eu na sexta-feira [19 de junho] falei com ele, estava super bem disposto. E em conversa com a Fernanda Serrano, ela referiu que ele estava tão bem disposto, com planos para o futuro e a falar da casa e que ia casar. Nunca vi nenhum indício. É uma grande angústia. Gostava muito do Pedro. É difícil de encaixar», conta.

Mais tarde, também Nuno Santos, Diretor de Programas da TVI, reagiu à questão da relação profissional que Pedro Lima mantinha com a estação de Queluz de Baixo.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

UM ESCLARECIMENTO NESTE TEMPO TRISTE • Na TVI estamos todos em choque com a morte prematura do Pedro Lima e, por todas as razões, devemos à família respeito e recato. É assim que nos temos comportado e é assim que nos comportaremos. Mas, sorrateiramente, de forma velada e depois amplificada por determinados meios de comunicação, foi crescendo a ideia que havia um problema na relação do Pedro com o canal para o qual trabalhava, em exclusivo, há duas décadas. Sejamos factuais: O Pedro Lima tinha um contrato de exclusividade com a TVI até Junho de 2021. Esse contrato foi renovado há cerca de um mês já num contexto de Pandemia. O Pedro Lima estava em plena gravação da novela Amar Demais onde integrava o elenco principal desta produção a estrear ainda este ano. O Pedro Lima tinha sido convidado a semana passada para integrar, em representação da Media Capital, o júri dos Emmys. É um desafio que lançamos aos nossos actores mais próximos e a quem reconhecemos qualidades para tal. Perante a dimensão da tragédia devemos ter a grandeza de respeitar a família, entendermos – em toda a sua extensão o que sucedeu, mas fazê-lo com recato e dignidade. Nunca vale tudo e, certamente, lançar ou alimentar comportamentos demagógicos não é apenas desadequado. É inaceitável. O Pedro e a sua família merecem mais

Uma publicação partilhada por Nuno Santos (@nuno.sant0s) a

 

Primo do ator ataca TVI: «A tua empresa estava desejosa de te descartar»

Paulo Dentinho, ex-Diretor de Informação da RTP e primo de Pedro Lima, partilhou este domingo, 21 de junho, um longo desabafo nas redes sociais sobre as memórias de infância que partilharam juntos, a morte do ator e o facto de, segundo este, a TVI querer «descartar» o ator.

«O Lourenço Lucena, que é um desses tantos teus amigos que ficaram destroçados, diz aquilo que muitos sabemos, que a tua empresa estava desejosa de te descartar. Devias tê-los mandado a todos para o sítio mais ordinário que existe no planeta. (…) E pergunto-te então quantas vezes lhes telefonaste nestes últimos dias sem que ninguém atendesse? Sabes, depois escrevem coisas maravilhosas sobre seres um dos actores mais versáteis da tua geração. E falam em pesar e mais uma série de palavras de plástico. Como num reclame. É o país, e o país mudou pouco desde o Eça, Pedro, continua pacóvio, provinciano e cheio de gente infame. Sim, sim, já sei, queres que me cale. Queres que não diga que usam as pessoas como copos de plástico não reciclado. Mas descansa, não é só na tua empresa», pode ler-se.

Questionada sobre tais afirmações, a responsável da TVI apenas referiu que «as pessoas são livres de pensar o que quiserem» e que «tentam encontrar explicação para tudo», voltando a reforçar que, em termos de questões contratuais, o ator Pedro Lima continuaria a ter um vínculo com a TVI até junho de 2021.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR e Reprodução Instagram

 

Leia ainda:
Surfistas fazem homenagem arrepiante a Pedro Lima. Veja o vídeo!
Saiba tudo o que aconteceu até Pedro Lima ser encontrado morto! Filho localizou-o

 

PUB
Top