Pedro Pé-Curto sofreu depressão por causa de amor: «Foi de tal maneira que fiquei doente»

Na reta final de Casados à Primeira Vista, Pedro Pé-Curto revela que, durante a adolescência, sofreu uma depressão por causa de uma paixão não correspondida.

23 Dez 2019 | 11:07
-A +A

Foi na última cerimónia de compromisso, emitida este domingo, 22 de dezembro, na qual os casais manifestam intenção de continuar – ou não – na experiência de Casados à Primeria Vista, da SIC, que Liliana Oliveira conseguiu fazer com que Pedro Pé-Curto falasse, pela primeira vez, sobre uma relação amorosa traumatizante. A secretária de Sacavém teve direito a fazer uma pergunta e o professor de Educação Física respondeu sem rodeios.

«Qual a coisa mais importante que eu deva saber sobre ti, que nunca contaste a ninguém e que ao longo da tua vida tem influenciado a tua personalidade, os teus comportamentos e tem mascarado o Pedro que a sociedade, família e amigos conhece?», quis saber Liliana. O marido recordou, de imediato, um namoro que o fez sofrer.

«Foi a minha primeira relação amorosa, tinha 15 ou 16 anos. Foi uma coisa que me marcou para o resto da vida. Foi de tal maneira que fiquei doente em casa, com febre e tudo. Deve ter sido uma crise depressiva daquelas que me atirou para a cama», confessou Pedro.

«Fiquei com uma imagem muito negativa da mulher»

O professor conseguiu superar a tristeza profunda em que se encontrava com a ajuda de um amigo, que o fez ver «a vida de outra maneira», lembra. «[Comecei a] Pensar em mim, a agradar-me. Fui um bocadinho egoísta e consegui ultrapassar essa depressão», frisa.

A vivência fez, ainda assim, com que, na época, Pedro Pé-Curto, com 42 anos, ficasse «com uma imagem muito negativa da mulher, do ser mulher». «Se calhar, algumas vezes, esses fantasmas vêm ao de cima e eu torno-se brincalhão para fugir do sofrimento», vaticina.

Lurdes e Paulo abandonam experiência

A uma semana da renovação de votos de casamento, quase todos os casais optaram por permanecer juntos. Menos Lurdes e Paulo, que optaram por sair do formato. «Não estamos a atingir o que nos foi proposto e acho melhor sairmos», justificou Lurdes.

O agora ex-marido afinou pelo mesmo diapasão. «Saímos bem, com dignidade e carinho (…). Há coisas que não se conseguem, por mais entrega, compromisso e seriedade que haja», explicou Paulo.
O ex-casal despede-se com a certeza de que se criou «uma forte amizade».

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: SIC

 

Veja mais:
Pedro e Liliana arrasados: «Vocês não transmitem a menor cumplicidade»
Não vai acreditar! Desenho de 30 anos inspirou Pedro Pé-Curto para tatuagem invulgar

PUB
Top