«Pena seres gay»: Rui Maria Pêgo dá resposta arrasadora a mãe homofóbica

Rui Maria Pêgo partilhou mensagens homofóbicas que recebeu nas redes sociais. «Muitas vezes a homofobia vem de um medo de nos perguntarmos quem seríamos».

31 Out 2020 | 14:35
-A +A

Junho é, internacionalmente, mês de celebração do Orgulho LGBT e, para assinalar e sensibilizar, Rui Maria Pêgo decidiu partilhar várias mensagens em que uma seguidora o insulta por causa da sua orientação sexual. Nas mensagens, podem ler-se as frases «não havia necessidade de envergonhares a tua família» «que bicha».

Na troca de mensagens o filho de Júlia Pinheiro responde: «Yup, E com muito orgulho. E tu, quando é que deixas de mandar bicas no Instagram a pessoas que não conheces para ver se resolves o amor que não sentes por ti mesma?». A seguidora ainda responde: «porque gosto muito da tua mãe e acho que ela fica triste com as tuas figuras. Também sou mãe». Rui Maria Pêgo diz ainda: «Sabes o que acho? Que que devias ler mais livros, meteres-te na tua vida e deixares a homofobia e controlo que obviamente sentes numa gaveta qualquer aí de casa».

«Tive de ir tomar um banho para me limpar da estupidez»

 

Depois, numa série de vídeos e com a sua habitual ironia, Rui Maria Pêgo explica porque é que partilhou as mensagens desta seguidora. «Tive de ir tomar um banho para me limpar da estupidez. Como vocês devem imaginar, eu recebo algumas mensagens destas.O Pride [referência ao Orgulho LGBT] é necessário como lutar pelos direitos daqueles que são vítimas de diferenciação social por serem de uma etnia que não é a mais forte de um país», diz o animador de rádio, falando ainda sobre racismo e discriminação.

«Eu, como privilegiado penso muito nisto e tenho tentado aprender. Provavelmente a minha resposta é mais incandescente a esta senhora do que deveria ser mas também porque isto me bate mais forte. Primeiro, esta senhora é mãe de alguém que vive reprimido. E esta resposta tem sobretudo a ver com o medo».

Rui Maria Pêgo, de 31 anos, falou publicamente pela primeira vez sobre a sua orientação sexual em 2016, após um atentado numa discoteca gay nos EUA. «O meu trabalho é público. Seja na televisão, ou na rádio, mas gosto de pensar que existe para promover discussão. É por isso que escolho ter o desplante de falar disto às quase 60 mil pessoas que seguem esta página. Coincide gostar de homens. Mas gosto mais de que toda a gente possa ser o que quiser, onde quiser, de que forma quiser, sem esperar um balázio na testa. Não me parece pedir muito. E eles não pediram muito. Quiseram só estar à vontade. Não quero pôr um # a trendar. Quero só que penses como, ao fomentar o ódio, vamos todos parar ao mesmo forno. É só uma questão de tempo. Não rezes por Orlando. Trata só os outros com o respeito que gostarias que tivessem por ti», escreveu na altura.

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: Arquivo Impala e redes sociais

 

Veja mais:
Rui Maria Pêgo falha sonho outra vez: «Não quero falar sobre isso»
Rui Maria Pêgo revela admiração por Goucha: «é uma inspiração tremenda»

 

 

ATENÇÃO!

Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:

1 – Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 – Escolha a sua revista

3 – Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 – Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 – Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 – Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top