Peregrina morre durante Jornada Mundial da Juventude

Peregrina francesa, que estava em Portugal para participar na Jornada Mundial da Juventude, morreu na sequência de um acidente doméstico.

03 Ago 2023 | 22:29
-A +A

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 já veio a público lamentar profundamente a morte de uma mulher, de 62 anos, que estava em Portugal enquanto peregrina. A cidadã francesa sofreu um acidente doméstico em Oeiras, no local de acolhimento no qual estava instalada de modo a participar no evento que fez parar Lisboa.

Leia ainda: Francisco chega a Papa após desgosto amoroso: “Se não me caso contigo, vou para padre”

“Estamos em oração pela nossa irmã e em comunhão com a sua família e amigos”, salienta Américo Aguiar, bispo auxiliar de Lisboa e presidente da Fundação, através de comunicado. A peregrina estava hospitalizada desde segunda-feira, dia em que sofreu o acidente. A morte aconteceu nesta quinta-feira (3).

Papa Francisco celebra missa na companhia de familiares da vítima

“A situação foi acompanhada de imediato pelas autoridades de saúde, sempre em articulação com a Fundação”, explica Américo Aguiar. Salientando que a família da vítima está a receber o devido acompanhamento e apoio. Bem como “os peregrinos do mesmo grupo”. Foi também tornado público, através da sala de imprensa da Santa Fé, que “o papa Francisco celebrou esta manhã, na Nunciatura, onde estiveram presentes quatro familiares de uma mulher francesa, animadora de catequese, de 62 anos, que veio a Lisboa, para a JMJ e que morreu nos últimos dias na sequência de um acidente na casa onde estava hospedada.” A Jornada Mundial da Juventude decorre até domingo (6).

Texto: Bruno Seruca
Fotos: Reuters e reprodução Instagram
PUB