Pior estreia de sempre! Dança com as Estrelas cilindrado por A Máscara

O regresso de Dança com as Estrelas à TVI não podia ser menos auspicioso. O formato conduzido por Rita Pereira e Pedro Teixeira registou a pior estreia de sempre e foi cilindrado por A Máscara.

17 Fev 2020 | 14:40
-A +A

A estreia da quinta edição de Dança com as Estrelas não podia ter sido pior. O formato de dança com famosos da TVI registou o pior arranque de sempre e perdeu para a o formato rival da SIC, A Máscara. Dança com as Estrelas foi acompanhado por 895 mil telespectadores e registou 18,6% de share.

De recordar que o arranque da quarta edição de Dança com as Estrelas, em dezembro de 2018, tinha registado os números mais baixos do formato, 966 mil telespectadores e 23,5% de share.

O episódio d’A Máscara em que foram reveladas as identidades da Borboleta e do Cavaleiro (Mariana Pacheco e Windoh) foi visto por 1,2 milhões de telespectadores e registou 25,8% de share. A SIC liderou em toda a linha durante o prime time, com a entrevista a Alexandra Lencastre a liderar no conjunto dos canais generalistas.

A conversa sobre o regresso da atriz à estação de Paço de Arcos foi vista por 1,22 milhões de telespectadores e registou 123,3% de share. Sensivelmente à mesma hora, Cláudio Ramos era protagonista de uma reportagem na TVI. O Jornal das 8 registou 20,6% de share durante esta reportagem, o que não chegou para bater os rivais da SIC.

Nas contas gerais do dia, foi a SIC a levar a melhor, com 19,2% de quota de mercado. Seguiu-se a TVI, com 16,1% de share, e a RTP1, com 11,1%.

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: Tito Calado e SIC

 

Veja mais:
Alexandra Lencastre na SIC: «Quando trabalho sou um bom soldado»
Cláudio Ramos manda ‘boca’ à SIC: «O Big Brother é a verdadeira experiência social»

PUB
Top