Pipoca atira-se a Cristina Ferreira: “A minha liberdade estava condicionada”

A Pipoca Mais Doce, figura influente e atualmente vista no programa Hell’s Kitchen da SIC, revelou as razões por trás do seu afastamento do papel de comentadora no Big Brother.

05 Nov 2023 | 10:05
-A +A

A Pipoca Mais Doce, figura influente nas redes sociais e agora vista ao domingo no programa Hell’s Kitchen da SIC, partilhou no programa Alta Definição, da SIC, as razões que a levaram a deixar o seu papel de comentadora no Big Brother, onde esteve durante cinco edições seguidas.

Veja ainda: Influencer relata dor de perder irmão com 22 anos: “Senti revolta”

A influenciadora começou por abordar o estilo direto dos seus comentários, admitindo: “Fiz os comentários no meu tom mais azedo e se calhar algumas pessoas não achavam graça.” No entanto, o ponto de viragem surgiu quando Ana percebeu que a sua liberdade de expressão estava a ser tolhida.

A influenciadora digital explicou que desejava partilhar as suas opiniões não apenas sobre os concorrentes, mas também sobre o programa e as decisões tomadas pela produção. No entanto, sentiu que essa postura a colocava em desacordo com o programa, resultando numa tensão aparente. “Decido sair porque já tinha feito cinco edições seguidas e eu era bombardeada todos os dias com as pessoas a dizerem: ‘Atenção vai ver o que a não sei das quantas disse hoje’. Aquilo consumia-me muito tempo. E depois deixou de ser divertido. Essa é sempre a premissa para tudo o que faço.”

“Se sou eu que estou mal, então sou eu que tenho de sair”

“Comecei a sentir que já não podia ser tão eu como gostava de ser. A minha liberdade já estava, de alguma forma, condicionada. Eu queria dizer o que devia, aquilo que estava a acontecer e que eu pensava sobre determinados comportamentos e não só dos concorrentes, mas muitas vezes do próprio programa e decisões que o programa tomava (…) Compreendo que não seja confortável ter alguém… Não é que esteja contra o programa, mas alguém que acredita que para o programa ser melhor, então nós também temos que ser melhores, sermos mais transparentes,” afirmou A Pipoca Mais Doce. A sua intenção de defender o programa da forma como acreditava que deveria ser defendido acabou por gerar o sentimento de que estava a ir contra o próprio programa. “Se sou eu que estou mal, então sou eu que tenho de sair,” concluiu.

A Pipoca Mais Doce acredita que, ao expor as suas opiniões e confrontar a apresentadora Cristina Ferreira em algumas ocasiões, pode ter gerado desconforto, embora esse não fosse o seu objetivo. A comunicadora expressou a sua vontade de ser transparente e genuína em relação ao programa, mesmo que isso significasse enfrentar desafios.” Ter exposto a minha posição, ter dito o que pensava, às vezes no confronto até com a Cristina, que na minha cabeça nunca era um confronto. Não era, eu não estava ali para por a outra pessoa numa posição desconfortável. Se calhar tinha sido mais fácil só engolir o sapo e calar-me e dizer: ‘Ok, sim, estão-me a pagar e vou ser conivente com isto tudo e vou acenar com a cabeça”.

Texto: Inês Borges; Fotos: DR

PUB