Pipoca Mais Doce vítima de bullying de forma traumática

Ana Garcia Martins, também conhecida como ‘Pipoca Mais Doce’, revela experiência de bullying devastador na adolescência, despertando debates sobre a importância do combate ao assédio escolar.

19 Out 2023 | 12:55
-A +A

Pipoca Mais Doce revela ter sofrido bullying na adolescência devido à sua forma física. Ana Garcia Martins partilhou uma experiência dolorosa de bullying que viveu durante a sua adolescência. A influenciadora, que recentemente utilizou uma aplicação de Inteligência Artificial para recriar a sua imagem nos anos noventa, não gostou dos penteados gerados pela aplicação e garantiu que nunca usou na época, mas aproveitou para refletir sobre os momentos difíceis da sua juventude.

Veja ainda: Ana Garcia Martins quer ser a planta do Hell’s Kitchen, mas planos correm mal

“Era bullying a sério”

“Isto sou eu nos anos 90, segundo a Inteligência Artificial. Tirando o cabelo, que acho que nem nos anos 90 usei penteados tão maus, sinto que a aplicação foi generosa comigo. A minha adolescência foi vivida em plenos anos 90 (tinha 14 anos em 1995) e não foi um mar de rosas”, confessou.

Ana revelou que na escola era alvo de gozo devido à sua magreza, chamando-a de “esquelética”, o que a afetou profundamente: “Na altura, eram só ‘putos parvos’, hoje olho para trás e percebo que era bullying a sério, daquele que me fazia não querer ir às aulas, daquele que me fazia vestir dois pares de calças por ter vergonha de ser tão magra, daquele que me obrigava a usar manga comprida, mesmo que estivessem 40 graus, só para que não me vissem os braços.”

Texto: Inês Borges; Fotos: DR
PUB