Insultos a CR7? Político desculpa-se e garante que foi vítima de pirataria: «Vou à PJ»

Rafael Macedo garante que não insultou Cristiano Ronaldo e que as mensagens escritas no seu perfil pessoal de Facebook não são da sua autoria. «Estou aterrado com o que tem acontecido», diz.

29 Mar 2020 | 17:46
-A +A

«Eu não publiquei comentários ofensivos acerca do CR7.» A garantia foi dada por Rafael Macedo, médico e especialista em Medicina Nuclear, e surge poucos minutos depois de Elma Aveiro, irmã de Cristiano Ronaldo, se ter revoltado com o também político e com uma mensagem publicada no perfil pessoal de Facebook deste em que se podiam ler insultos ao internacional português como «animal e vagabundo».

Agora, na mesma rede social, Rafael Macedo veio retratar-se, pedindo desculpa e alegando que foi vítima do crime de pirataria. «A minha conta foi hackeada. Eu não disse aquelas palavras altamente ofensivas. Ultimamente, não sei até quando, tem acontecido está situação. Isto é grave! Peço desculpa a todos, sobretudo ao CR7 e à sua família, que admiro muito», escreveu Rafael Macedo, indicando que, esta segunda-feira, vai deslocar-se «à Polícia Judiciária [para] verificar o que se passou».

O político, cabeça-de-lista do Partido Unido dos Reformados e Pensionistas (PURP) às últimas eleições regionais da Madeira, argumentou ainda que esta «não é a primeira vez que ocorre» um caso como este. «Já aconteceu na altura das eleições contra outros colegas e demais assuntos relacionados. Lamento a todos. Peço que partilhem está mensagem porque não tenho acesso ao ocorrências. Peço desculpa. No limite terei de pagar esta conta e fazer uma nova. Lamento», repetiu.

Escassos minutos depois, Rafael Macedo atualizou esta informação. «Informo que irei apagar este perfil e criar um novo. Por segurança. Lamento. Estou aterrado com o que tem acontecido. Lamento a todos, em especial à família de CR7», pode ler-se.

 

O comentário que levou Elma Aveiro a sair em defesa de CR7

 

«Quero que esse animal que vem de Itália fique em casa. Retirem-me este vagabundo da Região Autónoma da Madeira.» Esta foi a observação sobre o craque da Juventus, publicada no perfil pessoal de Facebook de Rafael Macedo e eliminada depois de a TV 7 Dias noticiar o caso, que levou Elma Aveiro a insurgir-se contra o médico e especialista em Medicina Nuclear.

Na origem deste comentário, que Rafael Macedo garante agora não ter sido escrito por ele, estavam as imagens de Cristiano Ronaldo captadas, cerca das 19 horas deste sábado, na Avenida Sá Carneiro, na baixa do Funchal. Com o atleta madeirense estavam a namorada, Georgina Rodríguez, e dois dos filhos.

Ao deparar-se com estas declarações, Elma Aveiro, irmã do internacional português, rapidamente reagiu às palavras de Rafael Macedo. E não foi meiga nas palavras. «Não conheço este senhor nem faço questão, porque se o encontrar não respondo por mim. Este gajo não deve ter família nem deve ser bom do miolo. Que não gostem de meu irmão, pronto, ele também não pode agradar a todos», começou por escrever.

E acrescentou: «Aqui vai a cara deste anormal que dizem ser pessoa formada. Com orgulho das minhas raízes, não sou formada mas tenho muito mais educação que certos marginais como este! Nem o meu irmão nem ninguém merece estas coisas… Por favor, urgente, tratem desse gajo doente e anormal!»

Em declarações à TV 7 Dias, Elma Aveiro disse-se ainda indignada com Rafael Macedo. «Acha isto normal? É vagabundo… Ele é louco», disparou a empresária.

Recorde-se que o internacional português viajou para a Madeira para acompanhar de perto a evolução do estado clínico da mãe, Dolores Aveiro, que está agora a recuperar de um AVC isquémico. Face à rápida evolução do número de casos de infeção pelo novo coronavírus em Itália, CR7 acordou com a Juventus adiar o regresso a Turim. Está, desde então, em isolamento profilático na terra que o viu nascer.

A propósito da mãe, Elma Aveiro garantiu à TV 7 Dias que a recuperação da matriarca está a correr «muito, muito, muito bem»«Logo, logo, a Dolores que conhecemos vai andar aí», afiançou a empresária.

 

VEJA TAMBÉM:
CR7 deixa mensagem sentida ao lado da mãe: «Cuidem da vossa família e amem-se»
Covid-19: Cristiano Ronaldo aceita redução salarial de milhões para ajudar Juventus
Exemplo dentro e fora do campo! Cristiano Ronaldo oferece ventiladores à Madeira

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

ATENÇÃO!

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:
  1. aceda a www.lojadasrevistas.pt
  2. escolha a sua revista
  3. clique em COMPRAR
  4. clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
  5. introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
  6. Não tem conta PayPal? Não há problema! Pode pagar através de transferência bancária!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top