Portugal esteve na TVI, mas Goucha e Pedro Teixeira foram arrasados!

A estreia de Conta-me perdeu para Alta Definição, mas Portugal na TVI assegurou a liderança em média. À noite, Mental Samurai foi derrotado por Terra Nossa.

13 Set 2020 | 17:11
-A +A

Foi um sábado agridoce para a TVI, com sabor a vitórias e a derrotas. A tarde foi ocupada com duas estreias, Conta-me e Portugal na TVI, mas só o segundo conseguiu, em média, ser líder de audiências. Já à noite, Mental Samurai penou para Terra Nossa e sofreu para não ser ultrapassado por Quem Quer Ser Milionário – Alta Pressão.

Vamos por partes. A estreia do programa de entrevistas, conduzido alternadamente por Manuel Luís Goucha e Fátima Lopes, teve como protagonista Teresa Guilherme, que regressa este domingo à apresentação com Big Brother – A Revolução. Conduzido por Goucha, o programa inaugural de Conta-me foi derrotado por um Alta Definição celebrativo dos 11 anos de emissões.

Em média, 513 mil e 400 espectadores estiveram sintonizados com a TVI (15% de share), enquanto a SIC registava uma audiência de 841 mil e 700 espectadores (24,7% de quota de mercado). A RTP1 foi a terceira opção naquele horário. A repetição de Linha da Frente fidelizou à antena do canal público 334 mil e 100 espectadores (9,9% de share)

 

Portugal na TVI lidera em média

 

Findo este confronto, a TVI estreou Portugal na TVI, onde 20 apresentadores estiveram distribuídos pelos 18 distritos e pela regiões autónomas da Madeira e dos Açores. Fátima Lopes comandou o programa a partir do Terreiro do Paço, em Lisboa, e distribuiu o jogo por nomes como Maria Cerqueira Gomes, Maria Botelho Moniz, Pedro Teixeira, Fernanda Serrano, Iva Domingues, Marco Horácio, Pedro Fernandes e Sofia Ribeiro.

A emissão especial do canal de Queluz de Baixo começou por perder para E-Especial (555 mil espectadores e 18,6% de share) e ainda foi superada por alguns minutos por O Noivo É Que Sabe: Histórias de Amor (379 mil espectadores e 13,9% de share), ambos da SIC.

Depois, alcançou a liderança e só a perdeu quando a RTP1 arrancou com O Preço Certo (595 mil e 600 espectadores e 17,8% de quota de mercado). Nessa altura, a SIC ficou em terceiro lugar, com a reposição do filme documental Tony (356 mil espectadores e e 11,7% de share).

Contas feitas, Portugal na TVI liderou, em média, com uma audiência de 433 mil e 500 espectadores e 14,8% de share.

 

Pedro Teixeira arrasado por César Mourão

 

À noite, o cenário mudou para a TVI. O programa Terra Nossa, apresentado por César Mourão a partir de Albergaria-a-Velha, em homenagem ao cantor Nel Monteiro, foi o programa mais visto do dia, rendendo à SIC uma audiência média de 1 milhão e 190 mil espectadores, o correspondente a 26,5% de quota de mercado.

Bem atrás, com 764 mil e 700 espectadores e 17,2% de share, ficou Mental Samurai, apresentado por Pedro Teixeira. O concurso da TVI foi vice-líder e sofreu, em determinados momentos, para não ser ultrapassado por Quem Quer Ser Milionário – Alta Pressão, que Filomena Cautela conduz nas noites de sábado da RTP1. O quiz show da estação pública fechou com uma média de 626 mil e 100 espectadores e 13,8% de quota de mercado.

Destaque ainda para o último episódio de Espírito Indomável, novela de 2010 e transformada dez anos depois em série. A trama da TVI, protagonizada por Vera Kolodzig e Diogo Amaral, começou por perder para as apostas da SIC mas assegurou, depois, o primeiro lugar no horário. Em média, liderou mesmo, com uma audiência de 751 mil e 100 espectadores e 22% de quota de mercado.

No total do dia, foi a SIC a levar a melhor, com 17,6% de share, seguida da TVI, com 14,4%, e da RTP1, com 11,4%.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: D.R.

PUB
Top