Portugal regista volume de apostas online de mil milhões de Euros no 1° trimestre de 2020

Portugal é reconhecidamente um dos países mais procurados da Europa por quem tem interesse em jogos de casino.

08 Set 2020 | 10:49
-A +A

Hoje o país possui 13 estabelecimentos terrestres dedicados a jogos como roleta, slot machines e Blackjack, sendo o Casino de Estoril o mais antigo, fundado em 1931, sendo hoje o maior de todo o continente europeu. Esses locais atraem milhares de turistas todos os anos, o que contribui diretamente para o crescimento económico do país.

Com o avanço da pandemia da COVID-19 em território português, em março de 2020, os casinos viram-se obrigados a fechar de um momento para o outro. O fecho desses estabelecimentos representou uma quebra de 60% nas contas das empresas que gerem os casinos em Portugal, de acordo com a Associação Portuguesa dos Casinos. Apenas em maio foi autorizada a retoma das atividades, ainda que de forma reduzida e limitada.

Por outro lado, o volume de apostas online cresceu exponencialmente no país. Apenas no 1° trimestre de 2020 registou-se um aumento de 50% face ao mesmo período de 2019. Em números exatos, isso representa um volume de mil milhões de Euros somente nos 3 primeiros meses do ano!

Isso deve-se a muitos fatores, sendo o novo coronavírus um potencializador, mas também a entrada de novos sites de apostas regulados no país, como é o caso da BetWay.

De acordo com dados oficiais do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), órgão subordinado ao Turismo de Portugal, foram registados 157,4 mil novos jogadores nos 3 primeiros meses do ano face ao mesmo período no ano anterior.

Reunindo todos os dados, apenas no 1° trimestre de 2020 foram registados um total de 425,8 mil jogadores portugueses legais, o que significa mais 35 mil em relação ao número total registado no final de 2019.

É preciso lembrar que neste volume não estão incluídos os jogadores que apostam em casas que não são legalizadas em Portugal.

Hoje apostadores portugueses que querem fazer apostas na 22bet legal ou na 1xBet, sem licença no país, não conseguem fazê-lo sem ficarem à margem da lei. O SRIJ inclui na sua política de jogo responsável evitar apostas em sites sem licença no país, pois isso dificulta o controlo por parte das autoridades portuguesas e impossibilita a fiscalização adequada de problemas como vício em jogos e mesmo branqueamento de capitais.

Apostas desportivas têm destaque, mas jogos de casino são mais rentáveis

Ainda no âmbito das apostas online, o número de jogadores em apostas desportivas foi maior do que o número de jogadores de casino. As apostas à quota receberam 41,2% dos apostadores totais do 1° trimestre de 2020, enquanto os jogos de fortuna e de azar tiveram 39,4%. Apenas 19,4% dos apostadores em Portugal seguiram em ambas as vertentes.

O futebol é o desporto preferido dos portugueses. Por volta de 74,72% dos apostadores focaram-se nessa modalidade, com preferência pela Liga Portuguesa, que recebeu 15,2% das apostas em futebol no período de janeiro a março deste ano.

Apesar disso, apostas em jogos de casino online foram o tipo de aposta que mais representaram lucros para as entidades exploradoras autorizadas em Portugal. Um fator importante nisso, claro, foi a COVID-19, visto que as medidas de prevenção à doença fizeram com que muitas competições desportivas fossem prontamente interrompidas.

Esses dados são importantes na medida em que mostram o potencial de crescimento do setor em Portugal. Ao mesmo tempo revelam que a regulação dos jogos foi uma ação acertada do Governo português. Não apenas no sentido da fiscalização do mercado, mas também na arrecadação de impostos. No período abordado, foram arrecadados 20,8 milhões de Euros com o Imposto Especial sobre o Jogo Online. E a tendência é haver apenas crescimento no setor.

 

Conheça as 5 dicas para escolher casinos online em Portugal AQUI.

PUB
Top