«Estás a ser víbora» Pretendentes de agricultor discutem: «Não vales nada, és uma m****»

Dalila Gomes e Cláudia Sousa envolveram-se numa acesa troca de palavras. As pretendentes do agricultor João Paliotes provocaram-se uma à outra e o clima arrefeceu.

18 Mai 2020 | 21:09
-A +A

As cenas de ciúmes tomaram conta da quinta do agricultor João Paliotes, em Monforte. A conversa subiu de tom entre Dalila Gomes e Cláudia Sousa e tudo por causa dos sentimentos que as duas já admitiram ter pelo jovem agricultor.

Após Dalila ter dito que queria que Cláudia assumisse que gosta de Paliotes, as provocações acabaram por acontecer. «Estás completamente apaixonada e não sabes. Ponderavas ter um futuro com ele?», questionou-a. «Tu estás a brincar. Sim, pondero! Mas queres que eu lhe diga? Não vou falar com ele porque tu queres ou porque tu mandas», respondeu-lhe Cláudia, deixando Dalila de rastos, até porque a pretendente teria, na noite anterior, recebido um beijo apaixonado por parte do agricultor.

A discussão tornou-se acesa após Dalila referir a Cláudia: «Há coisas que não te quero dizer… Não tenho de te contar». Cláudia respondeu-lhe: «Dalila, queres entrar por esses caminhos, entra. Eu não vou entrar.»

De seguida, Cláudia inverteu o jogo: «Imagina que eu ficava horas como tu a falar com o João, também não ias gostar.» Dalila assumiu os ciúmes. «Ficava pensativa e ia falar com ele.» «Gostavas que eu invadisse assim o teu espaço?», questionou-a Cláudia. «Se fizeres isso vais sofrer as consequências», ameaçou Dalila.

«Não percebi que consequências é que ela estava a falar», disse Cláudia, perante as câmaras. «Não vou contar à Cláudia, por mim nunca vai saber», disse, referindo-se ao beijo que existiu entre os dois.  «Tu és mais reservada, mas quando eu gosto da pessoa gosto de o mostrar». De seguida, perguntou-lhe: «Achas que vais sair magoada?». «Não sei. E tu?». «Eu? Não». «Porquê?». «Não posso contar», repetiu Dalila.

O clima tornou-se cada vez mais tenso e Dalila irritou-se. «Estás a ser víbora», disse-lhe. «Não estou», respondeu Cláudia. «Acabou a conversa antes que eu me passe… Vai lá competir com as tuas amigas. Se não sabes das coisas acabou. Ficas a falar sozinha, acabou a conversa», gritou a primeira pretendente. «Controla-te!», disse Cláudia. «Controla-te tu!», continuou Dalila.

 

«Não vales nada, és uma m****»

 

A discussão voltou a subir de tom. «Olha, Cláudia, as máscaras caem sempre e a tua está a cair. As santinhas são as piores». «Tu não estás bem», respondeu. «Tu ontem fizeste aquele filme dentro do carro porquê? Vais dizer que foi só por causa da tua família, não porque tu querias saber a nossa conversa».

Dalila picou-se e perdeu o controlo. «Mais uma vez que tocas na minha família e eu passo-me, a sério.» «Tu não me tocas, Dalila.» «Não vales nada, és uma m****», insultou-a Dalila. «Não vou descer ao teu nível», respondeu Cláudia. «Isto vai criar mau ambiente, disseram-se coisas que , se calhar, não devíamos ter dito», admitiu.

 

VEJA TAMBÉM:
A Crónica da Agricultora: João Paliotes e Francisco Tomé andam saídos da casca
Rejeitado por agricultora Catarina, Pedro revela porque é que o amor não aconteceu

 

Texto: Joana Dantas Rebelo, Fotos: D.R.

 

ATENÇÃO!

Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:
  1. aceda a www.lojadasrevistas.pt
  2. escolha a sua revista
  3. clique em COMPRAR ou ASSINAR
  4. clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
  5. introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
  6. pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top